ANTONIO RESENDE MONTEIRO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: MONTEIRO, Resende
Nome Completo: ANTONIO RESENDE MONTEIRO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
MONTEIRO, RESENDE

MONTEIRO, Resende

*dep. fed. GO 1959-1960 e 1963-1983.

 

Antônio Resende Monteiro nasceu em Caiapônia (GO) no dia 30 de junho de 1923, filho de Dirceu Monteiro e de Adelina Resende Granja.

Em 1950 bacharelou-se em ciências jurídicas e sociais pela Faculdade de Direito de Niterói (RJ).

Elegeu-se em outubro de 1954 deputado estadual em Goiás, na legenda do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), assumindo seu mandato em fevereiro do ano seguinte. Em outubro de 1958 foi eleito deputado federal por seu estado, ainda na legenda do PTB. Deixando a Assembléia Legislativa, assumiu, em fevereiro de 1959, uma cadeira na Câmara Federal, na qual fez parte da Frente Parlamentar Nacionalista, grupamento interpartidário criado em 1957 com o propósito de combater o capital estrangeiro e a remessa de lucros e de defender uma política de desenvolvimento autônomo da economia nacional.

Eleito em outubro de 1960 vice-governador de Goiás, apoiado por uma coligação do PTB com o Partido Social Democrático (PSD), interrompeu o seu mandato na Câmara para assumir, em janeiro de 1961, o cargo no governo do coronel Mauro Borges (1961-1964). Reeleito deputado federal em outubro de 1962, na legenda do PTB, deixou a vice-governança e assumiu o mandato na Câmara Federal em fevereiro de 1963. Após o movimento político-militar de 31 de março de 1964, com a extinção dos partidos políticos pelo Ato Institucional nº 2, de 27 de outubro de 1965, e a posterior instauração do bipartidarismo, filiou-se à Aliança Renovadora Nacional (Arena), agremiação política de apoio ao regime militar.

Em novembro de 1966 tornou a se eleger deputado, já na legenda da Arena. No pleito de 1970, foi reeleito na mesma legenda. Nessa legislatura foi membro da Comissão de Desenvolvimento da região Centro-Oeste, vice-presidente da Comissão de Legislação Social e suplente da Comissão de Transportes, Comunicações e Obras Públicas da Câmara.

Mais uma vez reeleito, em novembro de 1974, no novo período legislativo foi membro da Comissão de Transportes, suplente da Comissão de Trabalho e Legislação Social e vice-presidente da Comissão Especial da região Centro-Oeste. Em novembro de 1978 tornou a se eleger deputado federal e, com a extinção do bipartidarismo em novembro de 1979, e a conseqüente reformulação partidária, filiou-se ao Partido Democrático Social (PDS), de apoio ao governo. Nessa legislatura voltou a participar da Comissão de Transporte e a ocupar uma suplência na Comissão de Trabalho e Legislação Social da Câmara Federal. Concorrendo a mais uma reeleição no pleito de novembro de 1982 na legenda do PDS, conseguiu apenas uma suplência, tendo concluído seu mandato em janeiro de 1983.

Faleceu em Goiânia no dia 12 de março de 1986.

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1963-1967, 1967-1971, 1971-1975, 1975-1979 e 1979-1983); Estado de S. Paulo (5/9/62); Jornal do Brasil (13/3/86); NÉRI, S. 16; Perfil (1972 e 1980); TRIB. SUP. ELEIT. Dados (3, 4, 6, 8 e 9); Veja (19/3/86).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados