Luís Alberto Figueiredo Machado

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: FIGUEIREDO, Luís Alberto
Nome Completo: Luís Alberto Figueiredo Machado

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
FIGUEIREDO, Luís Alberto
*diplomata; emb. Bras. ONU 2013; min. Rel. Ext. 2013-2014; emb. Bras. EUA 2015-2016; emb. Bras. Portugal 2016-  


Luís Alberto Figueiredo Machado nasceu no Rio de Janeiro, então Distrito Federa, no dia 17 de janeiro de 1955.
Formou-se em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) em 1977 e, dois anos depois, graduou-se pelo Instituto Rio Branco (IRBr). Para seguir sua carreira como diplomata, tem uma história de forte superação pessoal para se livrar de uma gagueira da infância.
Figueiredo ingressou no Itamaraty em 1980 e, no mesmo ano, iniciou atuação nas Nações Unidas como diplomata-assistente. No ano seguinte começou sua história propriamente dita na diplomacia brasileira quando passou a integrar e chefiar delegações brasileiras em diversas reuniões multilaterais sobre temas como meio ambiente, desenvolvimento sustentável, desarmamento e segurança internacional, direito do mar, Antártica, espaço exterior, saúde e trabalho e trabalho. "Fig", como era chamado pelos colegas do Itamaraty, atuou, por muitos anos, como negociador-chefe brasileiro em conferências internacionais sobre temas ambientais, especialmente as dedicadas à mudança do clima e à biodiversidade. Serviu na missão do Brasil junto às Nações Unidas de 1986 a 1989, em seguida na embaixada brasileira em Santiago, no Chile, de 1989 a 1992; de 1995 a 1996 chefiou a Divisão do Mar, Antártica e Espaço; nesse último ano passou a servir na embaixada do Brasil em Washington, na qual ficou até 1999; nesse ano foi para a embaixada brasileira em Ottawa, no Canadá, onde serviu até 2002; desse ano a 2003 chefiou a Divisão de Política Ambiental e Desenvolvimento Sustentável, e depois foi servir na missão do Brasil junto à Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), em Paris, na qual permaneceu de 2003 a 2005. Desse ano a 2011 foi diretor do Departamento de Meio Ambiente e Temas Especiais e de 2011 a 2013 exerceu o cargo de subsecretário-geral de meio ambiente, energia, ciência e tecnologia.
De junho desse último ano a agosto seguinte atuava como representante do Brasil junto à Organização das Nações Unidas (ONU), quando foi chamado para assumir o Itamaraty.
Nomeado no dia 26, em 28 de agosto de 2013 assumiu o cargo de ministro das Relações Exteriores no primeiro período de governo da presidente Dilma Rousseff (2011-2015), em substituição ao chanceler Antônio Patriota. Figueiredo ganhou a confiança da presidente Dilma para gerenciar autonomamente esta crise ocasionada pela fuga do senador boliviano para o Brasil, que se somou às revelações de espionagens estadunidenses sobre o Brasil.
Permaneceu no Itamaraty até 1º de janeiro de 2015, quando se iniciou o segundo período de governo da presidente Dilma Rousseff, reeleita em outubro de 2014. No novo mandato, foi substituído pelo chanceler Mauro Vieira. Pouco depois, em março seguinte foi indicado embaixador do Brasil nos Estados Unidos da América. Seu nome foi aprovado pelo Senado no dia 7 de abril seguinte. Exerceu o cargo de embaixador do Brasil em Washington até agosto de 2016 quando foi nomeado Embaixador brasileiro em Lisboa.
Casou-se com Maria Angélica Ikeda, também diplomata, com quem teve um casal de filhos.

 
Alan Carneiro  

FONTES: 
http://oglobo.globo.com/brasil/luiz-alberto-figueiredo-um-diplomata-sem-firula-que-busca-consensos-9965141 (Acessado em 27/02/2017); 
http://oglobo.globo.com/brasil/dilma-indica-luiz-alberto-figueiredo-para-embaixada-do-brasil-nos-eua-15524581 (Acessado em 27/02/2017); 
http://g1.globo.com/politica/noticia/2015/04/senado-aprova-ex-ministro-figueiredo-para-embaixada-do-brasil-nos-eua.html (Acessado em 27/02/2017).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados