RAMON ANTONIO MORA Y ARAUJO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: MORA, Antônio
Nome Completo: RAMON ANTONIO MORA Y ARAUJO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
MORA, ANTONIO

MORA, Antonio

*diplomata argentino; emb. Argentina no Brasil 1922-1933.

 

Ramón Antonio Mora y Araujo nasceu na província de Corrientes por volta de 1871, filho de Antonio Mora e de Sinforosa Araujo.

Graduado pela Universidade de Buenos Aires em 1896 foi o primeiro embaixador da Argentina no Brasil após a elevação da representação diplomática de seu país à categoria de embaixada, em agosto de 1922. Embora desde janeiro já exercesse as funções de enviado extraordinário e ministro plenipotenciário, só recebeu oficialmente a promoção em março de 1923. Permaneceu no posto até julho de 1933, sendo substituído por Ramon Cárcano, transferindo-se então para a chefia da embaixada argentina no Peru.

No exercício deste cargo faleceu em Buenos Aires, no dia 18 de maio de 1936.

Era casado com Carmen Muniagurria, com quem teve uma filha.

 

FONTES: ARQ. GETÚLIO VARGAS; CORRESP. EMB. ARGENTINA; INF. Guillermo Stamponi.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados