Sérgio Olimpio Gomes

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: OLIMPIO, Major
Nome Completo: Sérgio Olimpio Gomes

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:

OLIMPIO, Major  

* dep. fed. SP 2015-2019senSP 2019-  

 

 

Sérgio Olimpio Gomes nasceu em Presidente Venceslau (SP) no dia 20 de março de 1962, filho de Deraldo Olympio Gomesagente penitenciário, e Alaide Maria Gomes, dona de casa 

Iniciou a carreira profissional em 1976, quando ingressou na Academia de Polícia Militar do Barro Branco, localizada na capital paulista. Formado em 1982, atuou como policial militar por 29 anos. Presidiu a Associação Paulista dos Oficiais da Polícia Militar e dirigiu a Associação dos Oficiais da Polícia Militar do Estado de São Paulo 

Concluiu a graduação em ciências jurídicas e sociais nas Faculdades Integradas de Guarulhos em 1987, ano em que também se bacharelou em educação física pela Escola de Educação Física da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Em 2010, tornou-se pós-graduado em comunicação social pelFaculdade Casper Líbero. 

Seguindo a trajetória dcoronel Ubiratan Guimarães, que havia sido seu superior na Polícia Militar, concorreu à vaga de deputado federal nas eleições de 2002 pelo Partido Progressista Brasileiro (PPB). Obteve 31.263 votos e ficou como suplente da vaga.  

Em 2004, tentou a candidatura como vereador do município de São Paulo, pelo Partido Progressista (PP), mas os 16.294 votos obtidos não lhe garantiram o cargo.  

Concorreu à vaga de deputado estadual de São Paulo nas eleições de 2006, pelo Partido Verde (PV). Recebeu 52.386 votos e conseguiu a vaga na Assembleia Legislativa 

Filiou-se ao Partido Democrático Trabalhista (PDT) em 2009. Chegou a ter seu nome cogitado para compor com Aloizio Mercadante, do Partido dos Trabalhadores (PT), a chapa que disputaria o governo do estado de São Paulo nas eleições de 2010, na condição de vice-governadorEntretanto, sofreu resistência por parte de membros do PT e de integrantes do próprio PDT. Terminou por concorrer à reeleição como deputado estadual. Recebeu 135.409 votos e garantiu a permanência na Assembleia Legislativa 

Em sua atuação como deputado estadual, elaborou projetos de lei dispondo sobre a obrigatoriedade de unidades básicas de saúde, unidades de pronto-atendimento e de pronto-socorros realizarem pré-consulta de enfermagem e prevendo a presença de câmeras em eventos realizados em locais abertos ou fechados no estado de São PauloTambém apoiou proposições ligadas à questão da segurança pública e dos direitos de policiais.  

Na corrida eleitoral de 2014, foi lançado com pré-candidato ao governo de São Paulo pelo PDT, mas retirou a candidatura quando o partido decidiu apoiar o nome de Paulo Skaf, do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). Decidiu, então, concorrer por uma vaga à Câmara dos Deputados. Angariou 179.196 votos e se elegeu deputado federal 

Durante o primeiro ano do mandato, em 2015, migrou para as fileiras do Partido da Mulher Brasileira (PMB)no qual permaneceu por menos de um ano. Na sequência, ingressou no Solidariedade (SD) em 2016. Também em 2016, votou a favor ao impeachment dentão presidente Dilma Rousseff, do PT 

No exercício do primeiro mandato na Câmara dos Deputados, integrou as seguintes comissões permanentes: Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; Comissão de Viação e Transportes; Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania; Comissão de Direitos Humanos e Minorias; e Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência. Também atuou ecomissões especiais tratando de diversos projetos de lei, como aqueles referentes ao piso salarial de vigilantes, à Lei Orgânica de Segurança Públicaao enfrentamento ao homicídio dos jovens, à carga horária de policial e bombeiro, carreira da Receita Federal, reforma da previdência, entre outras. Integrou as comissões parlamentares de inquérito do sistema carcerário brasileiro e da violência contra jovens negros.  

Filiou-se ao Partido Social Liberal (PSL) em março de 2018 para disputar a vaga de senador pelo estado de São Paulo. Participou ativamente da campanha presidencial de Jair Messias Bolsonaro, que encabeçava o PSL. Major Olímpio recebeu 9.039.717 votos e obteve a vaga no SenadoNo segundo turno das eleições de 2018apoiou o candidato ao governo de São Paulo, Márcio França, do Partido Socialista Brasileiro (PSB), em detrimento do candidato do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), João Dória Júnior, que tentava projetar uma imagem associada ao principal nome do PSL.  

Durante o exercício do mandato, assumiu a liderança do PSL no Senado. Alinhou sua política com a chamada “Bancada da Bala”, expressão utilizada pelo jargão comum para se referir aos legisladores que defendem, entre outras pautas, flexibilização do Estatuto de Desarmamento, a posse e porte de armas pelos civis, o endurecimento da legislação penal e a defesa dos direitos de policiais. Rompeu com o governo, entretanto, ao entender que Bolsonaro estaria negociando cargos com o chamado “Centrão”. Integrou comissões permanentes e mistas. No primeiro caso, atuou como titular da Comissão de Assuntos Econômicos; da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania; da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar; e da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional. Também atuou na Comissão Mista Temporária da Reforma Tributária. Foi também suplente da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática; da Comissão de Meio Ambiente e da Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor. Participou ainda como titular da Comissão Mista Temporária da Reforma Tributária e Comissão Parlamentar Mista de Inquérito. 

Escreveu em parceria com outros quatro capitães da Polícia Militar Paulista o livro Reaja! Prepare-se para o Confronto Técnicas Israelenses de Combatede 2017, que defendia o armamento da população como medida de defesa pessoal.  

Casou-se com a fonoaudióloga Cláudia Regina de Abreu Bezerra, com quem teve dois filhos: Fernando e Mariana.  

 

Ninna de Araujo Carneiro Lima  

 

FONTES: Portal Associação dos Oficiais, Praças e Pensionistas da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Disponível em https://www.aopp.org.br/especial-senador-major-olimpio-e-a-luta-contra-a-desigualdade-a-classe-policial/Acesso em 28/06/2020; Portal Folha de São Paulo. Disponível em http://eleicoes.folha.uol.com.br/folha/especial/2004/eleicoes/71072v.html. Acesso em 28/06/2020; Portal UOL. Disponível em https://eleicoes.uol.com.br/2002/apuracao/intsp66.jhtm. Acesso em 28/06/2020; Portal Terra. Disponível em https://www.terra.com.br/noticias/eleicoes/sao-paulo/o-major-boca-dura-agora-e-senador,ed06bfa39f25b35717f817d4c327d68cg5m66e00.html. Acesso em 28/06/2020Portal Folha. Disponível em https://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/ff221235.htm. Acesso em 28/06/2020; Portal Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Disponível em https://www.al.sp.gov.br/noticia/?id=299770: Acesso em 28/06/2020; Portal do Tribunal Superior Eleitoral. Disponível em http://www.tse.jus.br/partidos/filiacao-partidaria/filiacao-partidaria. Acesso em 28/06/2020; Portal do Sindicato dos Agentes de Escolta e V. Penitenciária do Estado de São Paulo. Disponível em https://sindespe.org.br/portal/major-olimpio-pre-candidato-do-pdt-em-sp-descarta-alianca-com-alckmin/. Acesso em 28/06/2020; Portal G1. Disponível em http://g1.globo.com/politica/eleicoes/2014/sp/noticia/2014/06/pdt-oficializa-apoio-candidatura-de-paulo-skaf-ao-governo-de-sp.html. Acesso em 28/06/2020; Portal G1. Disponível em http://g1.globo.com/politica/noticia/2016/03/manifestante-grita-vergonha-durante-cerimonia-de-posse-de-lula.html. Acesso em 28/06/2020; Portal Gazeta do Povo. Disponível em https://especiais.gazetadopovo.com.br/eleicoes/2018/candidatos/sp/senador/major-olimpio/. Acesso em 28/06/2020; Portal Folha de São Paulo. Disponível em https://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/09/sem-bolsonaro-nao-temos-essa-capacidade-de-levar-milhoes-as-ruas-diz-major-olimpio.shtml. Acesso em 28/06/2020; Portal Época. Disponível em https://epoca.globo.com/os-ex-superaliados-que-terminam-2019-como-desafetos-de-bolsonaro-24164480. Acesso em 28/06/2020; Portal Exame. Disponível https://exame.com/brasil/com-crescimento-do-psl-bancada-da-bala-deve-se-fortalecer-na-camara/. Acesso em 28/06/2020; Portal O Globo. Disponível em https://oglobo.globo.com/brasil/carlos-bolsonaro-chama-major-olimpio-de-bobo-da-corte-senador-rebate-moleque-24015631. Acesso em 28/06/2020; Portal Estado de Minas. Disponível em https://www.em.com.br/app/noticia/politica/2020/05/26/interna_politica,1150827/major-olimpio-sobre-bolsonaro-brigou-comigo-para-proteger-filho-band.shtml. Acesso em 28/06/2020. 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados