Shéridan Estérfany Oliveira

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: OLIVEIRA, Shéridan
Nome Completo: Shéridan Estérfany Oliveira

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:

OLIVEIRA, Shéridan

*dep. fed. RR 2015-2019, 2019-

 

Shéridan Estérfany Oliveira nasceu em Boa Vista (RR) no dia 11 de abril de 1984, filha de Esterfison Araújo Pinheiro e de Eridan Oliveira Pinheiro. Irmã de Shérisson Bruno Oliveira Pinheiro, Secretário Estadual de Cultura em Roraima.

Iniciou a sua carreira política em 2005, quando foi nomeada assessora-chefe de comunicação da Câmara de Boa Vista.  No ano seguinte, atuou como coordenadora de comunicação do estado de Roraima.

Tornou-se primeira dama do estado de Roraima em 2007, por conta da eleição do seu marido, José de Anchieta Júnior.

Em 2008, foi nomeada secretária da Promoção Humana e Desenvolvimento do governo do estado de Roraima, cargo que ocupou até 2014.

Formou-se no curso de psicologia em 2010, pela Faculdade Cathedral.

Durante as eleições de 2014, concorreu a uma vaga de deputada federal por Roraima nos quadros do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), dentro da coligação "Roraima sempre”. Recebeu 35.555 votos e conseguiu eleger-se.

No exercício do mandato na Câmara dos Deputados, foi vice-líder do PSDB. Integrou comissões permanentes e especiais, além de comissões externas. No caso das comissões permanentes, presidiu a Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher e atuou como titular da Comissão de Seguridade Social e Família. Quanto às comissões especiais, atuou como segunda vice-presidente daquela que analisava a proposta de emenda constitucional nº 131, de 2011 sobre agentes comunitários da terra e foi relatora constituída para analisar a proposta de emenda constitucional nº 282, de 2016, centrada na hipótese de coligação partidária em eleições. Além de titular da Comissão especial designada para avaliar a proposta de emenda constitucional nº 215, de 2000 sobre demarcação de terras indígenas e da lei orgânica de segurança pública. No caso das comissões externas, foi titular da Comissão Externa criada para estudar a crise na Venezuela.

Disputou a reeleição para a Câmara dos Deputados em 2018, pelo PSDB, dentro da coligação “Todos por Roraima 1". Recebeu 12.129 votos e conseguiu ser reconduzida ao cargo.

Durante o exercício do segundo mandato como deputada, atuou como titular da Secretaria da Mulher.

Em 2020, disputou a prefeitura de Boa Vista, pelos quadros do PSDB, dentro da coligação “Boa Vista segue em frente”. Recebeu 14.055 votos e não conseguiu se eleger.

Foi casada com José de Anchieta Júnior, ex-governador de Roraima, com quem teve uma filha. 

Luiza de Araújo Farias (em colaboração)


Fontes:

Portal da Câmara dos Deputados (https://www.camara.leg.br). Acesso em: 12/02/2022. Portal de Divulgação de Contas do Tribunal Superior Eleitoral (https://divulgacandcontas.tse.jus.br). Acesso em: 12/02/2022. Portal do PSDB Mulher (https://psdb-mulher.org.br). Portal Congresso em foco (https://congressoemfoco.uol.com.br). Acesso em: 12/02/2022. Site do G1 (https://g1.globo.com). Acesso em: 12/02/2022.

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados