Doris Luise de Castro Neves

Entrevista

Doris Luise de Castro Neves

Entrevista realizada no contexto da pesquisa "História do direito e da Justiça do Trabalho", parte integrante do projeto "Direitos e cidadania", desenvolvido pelo CPDOC com o apoio da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ), do Programa de Apoio a Núcleos de Excelência (Pronex), no período de 2004 a 2006.
Forma de Consulta:

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Angela Maria de Castro Gomes
Elina da Fonte Pessanha
Data: 14/5/2007
Local(ais):
Rio de Janeiro ; RJ ; Brasil

Duração: 2h11min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Doris Luise de Castro Neves
Nascimento: 29/3/1939; Rio de Janeiro; RJ; Brasil;

Formação: Bacharel em Direito.
Atividade: Magistrada do Trabalho: desembargadora; presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 1ª Região - RJ.

Equipe

Levantamento de dados: Angela Maria de Castro Gomes;Elina da Fonte Pessanha;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Angela Maria de Castro Gomes;Elina da Fonte Pessanha;

Transcrição: Vanessa Matheus Cavalcante;

Técnico Gravação: Marco Dreer Buarque;

Sumário: Fabrício Almeida;

Temas

Alemanha;
Associações profissionais;
Atividade profissional;
Carreira jurídica;
Comissão parlamentar de inquérito;
Direito;
Direito trabalhista;
Família;
Formação acadêmica;
Formação de professor;
Formação escolar;
Instituições jurídicas;
Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (Iuperj);
Justiça do trabalho;
Magistério;
Militância política;
Poder judiciário;
Pontifícia Universidade Católica;
Tribunal Regional do Trabalho;

Sumário

Entrevista: 14/05/2007

Arquivo 1: Origens familiares; a ascendência alemã na família; a trajetória de seus pais na Alemanha e a vinda ao Brasil; o comércio da família paterna; a adaptação à mudança pela família; a moradia no bairro de Santa Teresa, Rio de Janeiro; a intelectualidade de sua mãe; a formação escolar; a experiência no curso normal; a graduação em Ciências Sociais na Pontifícia Universidade Católica (PUC); a experiência como professora de curso primário; os motivos para ingressar no curso de Direito; o clima político durante a graduação; o conteúdo do curso de Direito; a trajetória na graduação; o desejo de trabalhar na área trabalhista do Direito; o estágio no Tribunal Superior do Trabalho (TST); os contatos com Carlos Mendes Pimentel e Délio Maranhão; o curso preparatório para o concurso de juiz; o salário como professora de curso primário; a aprovação no concurso para juiz do trabalho; as primeiras experiências profissionais como juíza do trabalho; as primeiras audiências enquanto juíza; o trabalho no Tribunal do Rio de Janeiro; a expansão de varas no Estado do Rio de Janeiro.
Arquivo 2: O cargo no Tribunal Regional do Trabalho; a participação na Comissão Parlamentar de Inquérito do Judiciário; a relação com os colegas do Judiciário durante o inquérito; o trabalho na 1ª e na 2ª instância; o caso dos trabalhadores rurais na Companhia Nacional de Alcális; o discurso de posse da entrevistada; a experiência do associativismo; o cargo de vice-presidente da Associação de Magistrados Brasileiros (AMB) na gestão Galotti; a relação do associativismo com o Tribunal; as reuniões dos magistrados com o Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (Iuperj); o maior contato com os magistrados através do associativismo; a mudança do perfil de juízes ao longo do tempo; reflexões sobre os direitos trabalhistas; as atividades profissionais da entrevistada.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados