Jorge Estácio da Silva

Entrevista

Jorge Estácio da Silva

Entrevista realizada no contexto do projeto "Funenseg - 35 anos", na vigência com o contrato entre o CPDOC/FGV e a Fundação Escola Nacional de Seguros (Funenseg), entre julho de 2006 e fevereiro de 2007. O projeto visa à realização e tratamento de cerca de 40 (quarenta) horas de entrevistas de caráter histórico e documental sobre a história da Fundação Escola Nacional de Seguros (Funenseg).
Forma de Consulta:
Entrevista em texto disponível para download.
Entrevista em áudio disponível na Sala de Consulta do CPDOC.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Christiane Jalles de Paula
Fernando Lattman Weltman
Data: 19/10/2007
Local(ais):
Rio de Janeiro ; RJ ; Brasil

Duração: 2h16min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Jorge Estácio da Silva
Nascimento: 10/5/1938; Rio de Janeiro; RJ; Brasil;

Formação: Graduado em Economia pela Universidade Cândido Mendes; graduado em Contabilidade.
Atividade: Diretor vice-presidente da Bradesco Seguros.

Equipe

Levantamento de dados: Christiane Jalles de Paula;Fernando Lattman-Weltman;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Christiane Jalles de Paula;

Transcrição: Maria Izabel Cruz Bitar;

Conferência da transcrição: Anna Carolina Costa;

Técnico Gravação: Não há informação; Marco Dreer Buarque;

Sumário: Fernando Lattman-Weltman;

Temas

Companhias de seguro;
Inflação;
Previdência privada;
Seguros;

Sumário

Entrevista: 29.10.2007

Origem familiar; formação superior (em contabilidade e em economia); primeiros tempos na Atlântica Companhia Nacional de Seguros (a partir de 1960); a contabilidade das empresas de seguro; o mercado antes e depois da cobrança bancária; o impacto da inflação; a estatização do seguro de acidentes de trabalho (1966) e a criação do Recovat (seguro de "responsabilidade civil" dos proprietários de veículos automotores de via terrestre); a compra das ações da Atlântica; a regularização das comissões; a compra, pela Atlântica, da Boavista (1970); a aproximação com o Bradesco (1972); a associação e as suas dificuldades; a busca da liderança no mercado; a massificação do seguro através da rede bancária; os custos do foco no mercado nacional; especificidades do mercado internacional de seguros; oportunidades abertas pela estabilização da moeda (1994); a entrada da Prudential no mercado brasileiro; desafios da massificação sob inflação; o seguro de financiamento de habitações (pelo antigo Banco Nacional da Habitação, BNH) e a inflação; o seguro de saúde, antes e depois da gestão de José Serra no Ministério da Saúde (1998-2002); o seguro de saúde empresarial; a venda nas agências bancárias e os corretores; os primeiros tempos da Atlântica-Boavista, as relações com Mário Petrelli e Abrahão Garfinkel; a implantação da previdência privada e o papel de Nilton Molina; a trajetória da capitalização; a força política dos corretores; caráter inovador da atuação bancária no mercado de seguros brasileiro; os problemas da venda nas agências; saída do Bradesco (2004); experiência atual na Prudential; especificidades dos seguros customizados; status e titulação dos vendedores da Prudential; controles e compliance; inovações da cultura empresarial internacional; passagem pelo Sindicato das Seguradoras do Rio de Janeiro (1995-1998); parcerias com o governo do Estado do Rio de Janeiro; atuação junto à Assembléia Legislativa do Estado; junto ao Poder Judiciário; apoio aos serviços de perícia; a reforma do Detran-RJ e a implantação das vistorias anuais de automóveis; a criação da Confederação; mudanças na estrutura de representação dos interesses do seguro; mudanças no perfil e nas funções dos sindicatos do setor; o projeto do centro internacional de resseguros do Rio de Janeiro; otimismo com relação às perspectivas do mercado de seguros no Brasil.

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados