Pedro Abramovay II

Entrevista

Pedro Abramovay II

Entrevista realizada no contexto do projeto “História Oral do CNJ”, desenvolvido pelo CPDOC a partir de convênio e financiamento com a Escola de Direito da FGV, entre abril de 2009 e abril de 2011. O projeto visa, a princípio, apenas a criação de um banco de fontes orais.
Forma de Consulta:

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Christiane Jalles de Paula
Tânia Abrão Rangel
Data: 26/8/2010
Local(ais):
Rio de Janeiro ; RJ ; Brasil

Duração: 0h55min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Pedro Vieira Abramovay
Nascimento: 18/4/1980; São Paulo; SP; Brasil;

Formação: Direito pela USP.
Atividade: Assessor do gabinete da prefeitura de São Paulo (Marta Suplicy). Assessor jurídico da liderança do governo no senado. Assessor especial do Ministério da Justiça. Secretário de assuntos legislativos do Ministério da Justiça. Coordenador das reformas do código de trânsito brasileiro. Participou da formulação do Pronasci.

Equipe


Transcrição: Lia Carneiro da Cunha;

Conferência da transcrição: João Marcelo Ehlert Maia;

Técnico Gravação: Bernardo de Paola Bortolotti Faria;

Sumário: Luanna Gentil ;

Temas

Atividade profissional;
Conselho Nacional de Justiça (CNJ);
Direito;
Direito constitucional;
Márcio Thomas Bastos;
Ministério da Justiça;
Movimento estudantil;
Nelson Jobim;
Partido dos Trabalhadores - PT;
Poder judiciário;
Política;
Reforma judiciária;
Universidade de Brasília;
Universidade de São Paulo;

Sumário

Entrevista: 26/08/2010

Experiências profissionais; formação profissional; a formação em Direito na Universidade de São Paulo (USP); o mestrado em direito constitucional na Universidade de Brasília (UNB); a atuação no Movimento Estudantil; o trabalho como assessor do senador Aloizio Mercadante; o trabalho com orientação de votos na Comissão de Constituição e Justiça; a atuação na Emenda 45; a atuação como assessor no setor judiciário; a batalha pela Reforma do Judiciário; as mudanças a partir da Reforma; as negociações dentro do judiciário; a criação do controle externo; Nelson Jobim como aliado; a atuação do senador Aloizio Mercadante; a ideia da criação da Secretária de Reforma; a filiação ao Partido dos Trabalhadores (PT); a atuação política; a discussão sobre a reforma do Judiciário liderada por Marcio Thomaz Bastos e José Eduardo Cardoso; a ideia da corrupção no Judiciário; a preocupação do controle externo afetar a independência do Judiciário; o trabalho de assessoria no Ministério; os interesses do Ministério no Conselho Nacional de Justiça (CNJ); a inclusão do CNJ como parte do Poder Judiciário; a composição do CNJ; a ideia de controle e quebra na independência; a indicação dos nomes do CNJ; a escolha por Joaquim Barbosa; a atuação do juiz Flávio Dino; a atuação do Ministério da Justiça; a atuação como assessor de assuntos legislativos do Ministério; a atuação na Secretaria Nacional de Justiça; a questão da transparência no Judiciário; as políticas públicas vindas com o CNJ; a pauta entre o Ministério da Justiça e o CNJ; conclusões e agradecimentos.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados