Telegrama do Ministério da Justiça a Flores da Cunha afirmando não haver motivos para preocupação já que a ordem do governo era geral no sentido dos procuradores defenderem o interesse público no caso...

Sobre a consulta
Manuscrito

Identificação:

Classificação: OA cp 1931.11.00/5
Série: cp - Correspondência política

Data de produção: 11/1931 (Data certa)

Quantidade de documentos: 1 (1 folhas)

Microfilmagem: rolo 9 fot. 223
 

Arquivo:

Resumo:

Telegrama do Ministério da Justiça a Flores da Cunha afirmando não haver motivos para preocupação já que a ordem do governo era geral no sentido dos procuradores defenderem o interesse público no caso dos interditos possessórios de qualquer natureza, incluído os concedidos às casas de jogo. Rio de Janeiro.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.



CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados