ALUISIO PINHEIRO FERREIRA

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: FERREIRA, Aluísio
Nome Completo: ALUISIO PINHEIRO FERREIRA

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
FERREIRA, ALUÍSIO

FERREIRA, Aluísio

*militar; gov. GR 1943-1946; dep. fed. GR 1947-1955; dep. fed. RO 1959-1963.

 

Aluísio Pinheiro Ferreira nasceu em Bragança (PA) no dia 12 de maio de 1897, filho de Raimundo Nazeazeno Ferreira e de Melquíades Pinheiro Ferreira.

Cursou o Instituto da Amazônia, o Colégio Progresso Paraense e o Ginásio Pais de Carvalho, em Belém, antes de sentar praça em junho de 1916. Cursou a Escola Militar do Realengo, no Rio de Janeiro (então Distrito Federal), dela saindo aspirante-a-oficial de artilharia em janeiro de 1921.

Segundo-tenente em maio de 1921 e primeiro-tenente em setembro de 1922, nesse posto chefiou a zona norte da Comissão de Linhas Telegráficas Estratégicas de Mato Grosso ao Amazonas. Promovido a capitão em 15 de novembro de 1930, foi classificado no 6º Regimento de Artilharia Montada, em Cruz Alta (RS). Em 1931, assumiu a direção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, tendo sido promovido a major em março de 1940. Três anos depois, foi escolhido para ser o primeiro governador do recém-criado território federal de Guaporé, hoje Rondônia. Deixou a estrada de ferro, assumindo o governo em novembro de 1943. Alçado ao posto de tenente-coronel em dezembro de 1944, governou o território até fevereiro de 1946, sendo substituído no cargo por Joaquim Rondon.

Em seguida, nas eleições suplementares de janeiro de 1947, elegeu-se deputado federal por Guaporé na legenda do Partido Social Democrático (PSD). Membro das comissões de Tomada de Contas e de Valorização da Amazônia, reelegeu-se em outubro de 1950, na legenda da Coligação Democrática, composta pelo PSD, o Partido Social Trabalhista (PST), a União Democrática Nacional (UDN), o Partido de Representação Popular (PRP) e o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), ao qual se filiara. Passou para a reserva ainda em 1950, no posto de general-de-brigada, permanecendo na Câmara dos Deputados até janeiro de 1955. Em outubro de 1958 voltou a eleger-se deputado federal por Rondônia na legenda do PTB, cumprindo o mandato de fevereiro de 1959 a janeiro de 1963, ocasião em que deixou a Câmara dos Deputados.

Faleceu no Rio de Janeiro em 1980.

Casou-se com Nhazinha Tavares Ferreira, com quem teve dois filhos.

Entre outras obras, publicou Uma obra nacionalista no oeste do Brasil (1937), Problemas da Amazônia e Estudos diversos.

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Relação dos dep.; CISNEIROS, A. Parlamentares; COUTINHO, A. Brasil; Diário do Congresso Nacional; Estado de S. Paulo (5/9/62); Grande encic. Delta; ROQUE, C. Grande; TRIB. SUP. ELEIT. Dados (1, 2 e 4); http://pt.wikipedia.org/wiki/Alu%C3%ADsio_Ferreira acesso em 20/3/2007.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados