COSTA, OTACILIO VIEIRA DA

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: COSTA, Otacílio Vieira da
Nome Completo: COSTA, OTACILIO VIEIRA DA

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
COSTA, OTACÍLIO VIEIRA DA

COSTA, Otacílio Vieira da

*jornalista; const. 1946; dep. fed. SC 1946-1950.

 

Otacílio Vieira da Costa nasceu em Lajes (SC) no dia 2 de dezembro de 1883, filho de João José Teodoro da Costa e de Ana Domingues Vieira da Costa.

Iniciou seus estudos em escolas locais, ingressando depois no Colégio Lapegesse, na antiga cidade de Desterro, atual Florianópolis. Cursou posteriormente o Colégio Nossa Senhora da Conceição, em São Leopoldo (RS), seguindo mais tarde para Porto Alegre, onde concluiu os exames preparatórios na Diretoria de Instrução. De volta a Santa Catarina, prestou exame de suficiência junto ao Tribunal de Justiça do estado, a fim de dedicar-se à advocacia. Passou então a exercer a profissão nas comarcas serranas de seu estado natal.

Em 1910 elegeu-se deputado à Assembléia Constituinte de Santa Catarina. Durante os trabalhos constituintes atuou como segundo-secretário da mesa da Assembléia e, com a promulgação da nova Carta estadual (10/5/1910), continuou a exercer o mandato na legislatura ordinária que se estendeu até 1912. Ainda em fins de 1911, foi nomeado secretário do governo municipal de Lajes, função que exerceria por oito anos consecutivos. Em 1913 reelegeu-se deputado estadual, exercendo o mandato até 1915. Nomeado superintendente municipal — cargo que hoje corresponde ao de prefeito — de sua cidade natal, inicialmente em caráter interino e depois como efetivo, exerceu essa função por quatro anos. Durante sua gestão promoveu a construção da ponte sobre o rio Caveiras.

Na condição de suplente de deputado estadual, exerceu o mandato durante o ano de 1927. Mais uma vez reeleito, voltou à Assembléia catarinense como membro efetivo no ano seguinte, participando dos trabalhos de elaboração da quinta Carta de seu estado. Exerceu o mandato até 1930, quando, com a vitória da revolução de outubro desse ano, foram dissolvidos os órgãos legislativos do país. Durante o período em que Santa Catarina esteve sob intervenção federal, Otacílio Costa, embora na oposição ao governo, aceitou o cargo de presidente do Conselho Consultivo Municipal de Lajes.

Durante o Estado Novo (1937-1945), absteve-se de qualquer participação política, atuando apenas como advogado, pesquisador e fazendeiro. Com a redemocratização do país, elegeu-se em dezembro de 1945 deputado por Santa Catarina à Assembléia Nacional Constituinte na legenda do Partido Social Democrático (PSD), assumindo o mandato em fevereiro do ano seguinte. Participou dos trabalhos constituintes e, após a promulgação da nova Carta (18/9/1946), exerceu o mandato ordinário até setembro de 1950.

Foi também delegado de escolas, diretor do Campo de Demonstração de Lajes e promotor público. Jornalista, fundou e dirigiu vários jornais em Santa Catarina, entre os quais O Clarim, A Notícia, Correio Lageano, O Planalto e Guia Serrano.

Escreveu Lajes de outrora, trezentas crônicas em jornais locais, além de livros e folhetos.

Faleceu em Lajes, no dia 13 de setembro de 1950, em pleno exercício do mandato.

Era casado com Adélia Ramos da Costa, com quem teve sete filhos.

 

FONTES: ASSEMB. LEGISL. SC. Dicionário político; CABRAL, O. Breve; CABRAL, O. Era; CABRAL, O. História; CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1947-1951); SILVA, G. Constituinte.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados