Francisco Graziano Neto

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: GRAZIANO, Xico
Nome Completo: Francisco Graziano Neto

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
SOBRENOME, Nome

GRAZIANO, Xico

*dep. fed. SP 1999-2003 e 2005-2007

 

 

Francisco Graziano Neto nasceu em Araras (SP) no dia 15 de janeiro de 1953, filho de Francisco Graziano Filho e de Inês Teresinha Batistela Graziano.

Estudou engenharia agronômica na Escola Superior de Agricultura Luís de Queirós da Universidade de São Paulo em Piracicaba, pela qual se formou em 1974. Quando estudante foi secretário-geral do Centro Acadêmico Luís de Queirós no biênio 1972-1973 e presidiu a Federação dos Estudantes de Agronomia do Brasil em 1973-1974. Fez mestrado em economia agrária na mesma universidade em 1975-1977, e em 1976 se tornou professor da Universidade do Estado de São Paulo (UNESP), onde permaneceria até 1992. Foi vice-presidente da Associação dos Docentes da UNESP de Jaboticabal (SP) entre 1978 e 1980 e diretor técnico-científico da Federação das Associações de Engenheiros Agrônomos do Brasil, em 1982 e 1983. Presidiu ainda a Organização Não Governamental (ONG) Agro Brasil, atuando como consultor de empresas na valorização dos agronegócios. Doutorou-se em administração pela Fundação Getúlio Vargas em São Paulo em 1987.

Foi um dos fundadores do diretório municipal do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) em Jaboticabal em 1988. Presidiu o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em 1995, durante o governo Fernando Henrique Cardoso. Desempenhou igualmente, nesse ano, a função de chefe de gabinete pessoal do presidente. Entre 1996 e 1998, durante a governo de Mário Covas, assumiu a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Foi presidente do Fórum Nacional de Secretários de Agricultura de São Paulo no biênio 1997-1998. Condecorado como Engenheiro Agrônomo do Ano pela Associação de Engenheiros Agrônomos do Estado de São Paulo, em 1997, tornou-se um dos principais especialistas do PSDB nas áreas de agricultura e reforma agrária.

Em 1998, elegeu-se deputado federal por São Paulo na legenda do PSDB. Assumiu o mandato em fevereiro do ano seguinte, e representou a Câmara dos Deputados na III Conferência Ministerial da Organização Mundial do Comércio em Seattle, nos Estados Unidos. Foi vice-líder do PSDB na Câmara em 2000 e vice-líder do bloco PSDB/Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) entre 2001 e 2002.

Candidatou-se à reeleição em 2002, novamente na legenda do PSDB, e obteve uma suplência. Deixou a Câmara ao final da legislatura, em janeiro de 2003, e assumiu o mandato em janeiro de 2005. Foi titular da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural e da Comissão de Agricultura e Política Rural, e suplente das comissões de Defesa do Consumidor, Meio Ambiente e Minorias, de Economia, Indústria e Comércio e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Em janeiro de 2007, licenciou-se da Câmara dos Deputados para exercer o cargo de secretário de Recursos Hídricos e Meio Ambiente do Estado de São Paulo, no governo José Serra, cargo que ocupou até 2010.

Em janeiro de 2012 foi nomeado assessor do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, devido a uma lei que dá o direito dos ex-chefes de Estado terem um grupo de assessores.

Foi também um dos diretores do Instituto FHC.

Publicou diversas obras: Uso adequado de agrotóxicos e receituário agronômico (1982); Questão agrária e ecologia: crítica da moderna agricultura (1982); A tragédia da terra: o fracasso da reforma agrária no Brasil (1991); Manual de campanha 94 (1994); O Real na estrada (1995); Qual reforma agrária?: terra, pobreza e cidadania (1996); O sonho possível: a proposta da Social Democracia Brasileira (1996); O paradoxo agrário (1999); Juventude consciente (2002); O Carma da Terra no Brasil (2004) e Almanaque do Campo (2010). Além disso, organizou o livro Renovar Idéias/ITV-PSDB (2006).

 

 

FONTES: Portal IX Feira de Carreiras. Disponível em: <http://www.feiradecarreiras.com>. Acesso em 13/08/2013; Portal Câmara dos Deputados. Disponível em: <www.camara.gov.br>. Acesso em 30/08/2009; Portal Fundação Seade. Disponível em: <www.seade.gov.br>. Acesso em 30/08/2009; Portal do Jornal da Cidade de Bauru. Disponível em <http://www.jcnet.com.br>. Acesso em 13/08/2013; Portal pessoal Xico Graziano. Disponível em: <www.xicograziano.com.br>. Acesso em 30/08/2009 e 13/08/2013; Portal Revista Época. Disponível em: <http://epoca.globo.com>. Acesso em 13/08/2013;


Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados