LEONINO DI RAMOS CAIADO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: CAIADO, Leonino
Nome Completo: LEONINO DI RAMOS CAIADO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
CAIADO, LEONINO

CAIADO, Leonino

*gov. GO 1971-1975.

 

Leonino Di Ramos Caiado nasceu na cidade de Goiás (GO) no dia 14 de outubro de 1933, filho de Leão Di Ramos Caiado e de Ilídia Maria Perilo Caiado, descendente de tradicional família goiana. Seu avô, Torquato Ramos Caiado, foi senador. Entre seus parentes destacaram-se os deputados federais Brasílio Ramos Caiado (1971-1975 e a partir de 1979), Elcival Ramos Caiado (1975-1979) e Emival Ramos Caiado (1955 a 1963 e 1967 a 1971, também senador de 1971 a 1974), além de Mário Alencastro Caiado, membro da junta governativa de seu estado em 1930, constituinte em 1934 e senador por Goiás de 1935 a 1937.

Leonino Caiado fez seus estudos secundários no Liceu de Goiás e no Ginásio Salesiano Santa Rosa, no Rio de Janeiro. Cursou a Escola Nacional de Engenharia da Universidade do Brasil, no Rio de Janeiro, tendo sido presidente do Centro Acadêmico e, mais tarde, vice-presidente do Diretório Central dos Estudantes (DCE). Em 1959 formou-se, especializando-se em espeleologia.

Iniciou suas atividades profissionais na construção de Brasília e exerceu depois o cargo de engenheiro-chefe da oitava residência do 12º Distrito Rodoviário do Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER) em Goiás. Deixando o DNER em 1964, foi nomeado, no ano seguinte, na interventoria do marechal Emílio Ribas Júnior (1965), superintendente do Plano de Obras do Desenvolvimento do Estado de Goiás. Durante sua gestão, de 1965 a 1969, construiu grupos escolares, ginásios, escolas normais, escolas rurais, postos de saúde e hospitais. Foi também secretário de Planejamento, tendo fundado a Companhia de Habitação do estado de Goiás.

De 1969 a 1970, foi prefeito de Goiânia e, neste último ano, foi eleito, pela Assembléia Legislativa, governador de Goiás, tomando posse em março de 1971, sucedendo a Otávio Laje de Siqueira (1965-1971). Nesse ano, proferiu palestra na sessão de encerramento do I Ciclo de Estudos da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG). Em 1973 discursou no Seminário de Integração Nacional promovido pela Associação Brasileira de Bancos de Desenvolvimento (Abde), falando sobre o Programa Goiás Rural. Em maio de 1974 vetou a candidatura à reeleição do senador Emival Caiado, seu primo, gerando uma crise que culminou com a renúncia deste à sua cadeira no Senado. Ainda durante o seu governo, foi construído o estádio de Serra Dourada. Terminou o mandato em março de 1975, quando transferiu o governo a Irapuã da Costa Júnior, retirando-se da vida pública.

Passou a dedicar-se às atividades de fazendeiro no interior de Goiás.

Em setembro de 2009, Leonino Caiado residia em Goiânia.

Casou-se com Maria de Lurdes Rodrigues, com quem teve dois filhos.

Publicou Pronunciamentos (coletânea de discursos).

 

FONTES: Almanaque Abril; Grande encic. Delta; INF. BIOG.; NÉRI, S. 16; Perfil (1972 e 1974); Súmulas; Who’s who in Brazil; Jornal Opção On-line (21 a 27/9/03).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados