LEOPOLDO DE ARAUJO SOUSA NETO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: SOUSA, Leopoldo
Nome Completo: LEOPOLDO DE ARAUJO SOUSA NETO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
SOUSA, LEOPOLDO

SOUSA, Leopoldo

*dep. fed. SE 1989-1991.

 

Leopoldo de Araújo Sousa Neto nasceu em Estância (SE) no dia 3 de fevereiro de 1938, filho de Raimundo Silveira Sousa e Doralice Fontes Sousa.

Tabelião de notas em sua cidade natal, em 1962 filiou-se à União Democrática Nacional (UDN), disputando nesse mesmo ano, com êxito, uma vaga na Câmara Municipal de Estância. Após a instauração do bipartidarismo pelo Ato Institucional nº 2 (27/10/1965), ingressou no Movimento Democrático Brasileiro (MDB), partido de oposição ao regime militar instaurado no país em abril de 1964. Terminando seu mandato em 1967, afastou-se da política, iniciando o curso de direito na Universidade Federal de Sergipe.

Retornou à vida política em 1974, já formado, disputando, no mês de novembro, pelo MDB, uma cadeira na Assembléia Legislativa de Sergipe. Bem-sucedido, tomou posse no início do ano seguinte. Ainda em 1975 integrou as comissões de Finanças e de Saúde, Higiene e Assistência Social. Em 1976, deixou ambas as comissões e tornou-se líder do partido na Assembléia Legislativa, função que viria a desempenhar até 1978. De 1977 a 1978 integrou ainda a Comissão de Justiça dessa mesma casa. Em novembro deste último ano disputou com êxito a reeleição, na legenda do MDB. Em 1979, empossado para o seu segundo mandato consecutivo, foi segundo-secretário de mesa do Legislativo sergipano.

Com a extinção do bipartidarismo em novembro de 1979, e a posterior reorganização partidária, filiou-se, no ano seguinte, ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), agremiação sucessora do MDB. Novamente líder da bancada em 1981 e 1982, em novembro deste último ano reelegeu-se deputado estadual, tomando posse em 1º de fevereiro do ano seguinte. Membro efetivo da seccional do Nordeste da União Parlamentar Interestadual (UPI) entre 1983 e 1986, presidiu a Comissão de Educação e Cultura, Esporte e Lazer, em 1985 e 1986, e foi vice-presidente da Comissão de Obras Públicas e Transportes. Em novembro de 1986, candidatou-se a deputado federal constituinte, sob a legenda do PMDB, obtendo uma suplência. Deixou a Assembléia em janeiro de 1987, ao final da legislatura. Assumiu uma vaga na Câmara dos Deputados em janeiro de 1989, substituindo Antônio Carlos Franco, que fora eleito prefeito de Laranjeiras (SE) nas eleições de novembro do ano anterior.

Disputou a reeleição em outubro de 1990, mas não foi bem-sucedido. Deixou a Câmara dos Deputados em janeiro de 1991, ao final da legislatura.

Filiou-se ao Partido dos Trabalhadores (PT) em outubro de 1997.

Candidatou-se ao cargo de deputado estadual nas eleições de 2002 agora na legenda do Partido Democrático Trabalhista (PDT) e obteve uma suplência.

Casado com Arlinda Maria Lemos, teve cinco filhos.

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1991-1995); Jornal do Senado (6/10/97), www.tse.gov.br acesso em 15/11/09.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados