LUIS AUGUSTO PEREIRA SOUTO MAIOR

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: SOUTO MAIOR
Nome Completo: LUIS AUGUSTO PEREIRA SOUTO MAIOR

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
SOUTO MAIOR

SOUTO MAIOR, Luís Augusto

*diplomata; emb. Bras. Peru 1984-1987.

 

Luís Augusto Pereira Souto Maior nasceu no Rio de Janeiro, então Distrito Federal, no dia 5 de setembro de 1927, filho de Evergisto Souto Maior e Ana Noemi Pereira.

Fez o curso de preparação à carreira de diplomata no Instituto Rio Branco (IRBr) e foi nomeado cônsul de terceira classe em janeiro de 1950. Na Secretaria de Estado das Relações Exteriores (SERE), instalada no palácio Itamarati do Rio de Janeiro, fez o curso de aperfeiçoamento de diplomatas do IRBr e foi removido, em 1952, para os Estados Unidos, onde serviu como vice-cônsul no consulado em São Francisco durante dois anos. Em 1954 foi transferido para a Síria, servindo na embaixada em Bagdá como terceiro-secretário (1954-1956) e, após ser promovido em janeiro de 1956, como segundo-secretário (1956-1958).

De volta ao Rio de Janeiro exerceu as funções de auxiliar dos chefes do Departamento Político e Cultural (1958) e da Divisão de Organismos Econômicos e Assuntos Especiais (1959-1961) do Ministério das Relações Exteriores (MRE). Transferido em 1961 para a missão junto à Organização dos Estados Americanos (OEA) em Washington, foi promovido a primeiro-secretário, por merecimento, em setembro do mesmo ano e removido em 1962 para a embaixada em Washington. Serviu na capital norte-americana até 1964 quando foi enviado para a delegação permanente do Brasil em Genebra (Suíça). Nos anos seguintes participou de numerosas reuniões multilaterais, notadamente as da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) em Roma (1965 e 1966), da Conferência das Nações Unidas sobre o Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD) em Genebra (1965 e 1966) e do Acordo Geral sobre Tarifas e Comércio (GATT, a partir de 1955 Organização Mundial do Comércio — OMC) também em Genebra (1965 e 1966).

Promovido a ministro de segunda classe por merecimento em dezembro de 1966, permaneceu em Genebra como ministro-conselheiro até ser convidado para retornar à SERE como chefe da Divisão de Política Comercial do MRE (1967-1969). Nessa capacidade continuou a participar de reuniões multilaterais, notadamente as da UNCTAD em Genebra. Transferido para a embaixada em Londres (Reino Unido) em 1970, foi chefe da delegação brasileira à reunião do Fundo de Diversificação da Organização Internacional do Café (OIC) (1970) e tomou parte em reuniões do Conselho Internacional do Açúcar (1972). Exerceu as funções de ministro-conselheiro em Londres até 1973 quando foi enviado novamente para a Suíça, servindo até 1974 em Genebra onde participaria de numerosas reuniões entre as quais as do GATT (1973) e do Conselho Internacional do Cacau (1973).

Chefe de gabinete do ministro das Relações Exteriores embaixador Antonio Francisco Azeredo da Silveira (1974-1975), foi promovido a ministro de primeira classe, por merecimento, em maio de 1975 e nomeado secretário especial para Assuntos Econômicos e Políticos Multilaterais (1975-1977). Removido para a Bélgica como embaixador junto à Comunidade Econômica Européia (CEE), serviu em Bruxelas de 1977 a 1984 e, nesse período, chefiou, entre outras, a delegação brasileira à conferência ministerial do Sistema Econômico Latino-Americano (SELA) sobre relações América Latina-CEE em Punta del Este (Uruguai,1978).

Designado embaixador no Peru, respondeu pela embaixada em Lima de 1984, quando sucedeu ao embaixador Vasco Mariz, até 1990 quando foi sucedido pelo embaixador Raul Fernando Belford Roxo Leite Ribeiro. Foi embaixador na Suécia de 1987 a 1990 quando, ao cumprir 15 anos como ministro de primeira classe, deixou Estocolmo e passou para o quadro especial. Aposentou-se em 1997, ao completar 70 anos.

Colaborador regular de Carta Internacional, publicação do Núcleo de Pesquisa em Relações Internacionais da Universidade de São Paulo, Luís Augusto Souto Maior residia no Rio de Janeiro em setembro de 2009.

Casou-se com Violeta Souto Maior e teve dois filhos.          

 
FONTE: MIN. REL. EXT. Anuário (1976, 1983 e 1992).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados