MEIRA JUNIOR, JOAO ALVES

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: MEIRA JÚNIOR, João Alves
Nome Completo: MEIRA JUNIOR, JOAO ALVES

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
MEIRA JÚNIOR, JOÃO ALVES

MEIRA JÚNIOR, João Alves

*dep. fed. SP 1924-1926 e 1935-1937.

 

João Alves Meira Júnior nasceu em Barra do Piraí (RJ) em 1875, filho de João Alves Meira e Margarida Rubião Alves Meira.

Depois de graduar-se em ciências jurídicas e sociais pela faculdade de Direito do Largo de São Francisco (SP) em 1895, transferiu-se para o município paulista de Ribeirão Preto, onde passou a exercer a advocacia.

Profissional renomado na região, foi eleito senador estadual de São Paulo pelo Partido Republicano Paulista (PRP), exercendo o mandato durante a gestão de seu amigo pessoal Washington Luís Pereira de Sousa, presidente do estado de 1920 a 1924. Ainda neste último ano, João Alves Meira Júnior candidatou-se pelo mesmo partido a uma vaga para a Câmara dos Deputados. Bem-sucedido no pleito, exerceu o mandato de novembro de 1924 a dezembro de 1926.

Com o fim da Revolução Constitucionalista em outubro de 1932, Getúlio Vargas, chefe do Governo Provisório (1930-1934), criou a Câmara do Reajustamento Econômico que, entre outras funções, teria de analisar a situação dos fazendeiros de café individados, cujas dívidas poderiam ser abatidas em 50% perante os bancos. Meira Júnior presidiu tal câmara até 14 de outubro de 1934, quando foi novamente eleito deputado federal, desta vez pelo Partido Constitucionalista de São Paulo. Exerceu o seu segundo mandato de 3 de maio de 1935 a 10 de novembro de 1937, data de instauração do Estado Novo (1937-1945) que suprimiu as câmaras legislativas de todo o país.

Afastado do cenário político desde então, voltou-se exclusivamente para as suas atividades particulares. Além do exercício da advocacia, dedicou-se à Cervejaria Paulista, empresa que havia fundado juntamente com outros sócios em 1914.

Faleceu em Ribeirão Preto no dia 17 de julho de 1952.

Era casado com Maria Antonieta Loiola Alves Meira, com quem teve oito filhos.

Publicou, com a colaboração de Fábio Barreto e Camilo Matos, O crime de Cravinhos (1920).

 

FONTES: Boletim Min. Trab. (5/36); CÂM. DEP. Deputados; Diário do Congresso Nacional; INF. João Antônio Alves Meira; LEITE, A. História.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados