QUEIRÓS, Antônio Celso de

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: QUEIRÓS, Antônio Celso de
Nome Completo: QUEIRÓS, Antônio Celso de

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:

QUEIRÓS, Antônio Celso de.

*religioso; secr-ger. CNBB 1987-1994.

 

Antônio Celso de Queirós nasceu em Pirassununga (SP) no dia 24 de novembro de 1933, filho de Antônio Queirós e de Maria Carvalho Queirós.

Fez seus estudos primários em Campinas (SP) e em Assunção (SP). Concluiu o curso de filosofia na Faculdade Nossa Senhora da Assunção em 1955 e de teologia na mesma faculdade em 1957. Frequentou ainda e a Pontifícia Universidade de Comillas, localizada na Espanha, entre 1957 e 1969.

Foi ordenado sacerdote em abril de 1960 na cidade de Comillas. Foi professor no Seminário Diocesano de Campinas, entre os anos de 1961 e 1962, e assistente de Juventude Estudantil Católica Feminina e da Ação Católica. Também foi professor de “iniciação teológica” e de “doutrina social da Igreja”, na Universidade Católica de Campinas, entre os anos de 1961 e 1969, e na Pontifícia Universidade de São Paulo, de 1968 a 1970. Foi também assistente de educação religiosa no Colégio Progresso Campineiro; vigário geral e coordenador da pastoral da arquidiocese de Campinas.

Entre 1971 e 1975 atuou junto à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), tendo sido assessor da Linha 1, subsecretário-geral e secretário do Regional Sul 1.

Ainda em 1975, foi ordenado bispo da região Ipiranga de São Paulo. Em março de 2000, tornou-se o primeiro bispo de Catanduva, diocese criada pelo papa João Paulo II em fevereiro do mesmo ano.

Foi eleito secretário-geral da CNBB em 1987, cargo que ocupou até 1994. Nesse período foi delegado da entidade junto ao Conselho Episcopal Latino-americano (Celam). Em 1997, foi eleito delegado da Assembléia Especial do Sínodo dos Bispos para a América.

Em 2003, foi eleito vice-presidente da CNBB. Nessa condição, em 2004 acompanhou o presidente da CNBB dom Geraldo Magela Agnelo à missão indígena do Surumu, que tinha sido invadida e destruída no mês de janeiro por um grupo de fazendeiros contrários à homologação da terra Raposa Serra do Sol.

Em novembro de 2005, foi testemunha de defesa do deputado José Mentor do Partido dos Trabalhadores (PT) de São Paulo no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados que investigava as denúncias contra os deputados acusados de terem recebidos mesadas para votar a favor do governo federal.

Em novembro, afirmou que a Igreja era contra o aborto, contra a supressão da vida de um inocente declarando que o aborto era “o fim da ética, da moral, da vida”.

Em agosto de 2006, após os ataques efetuados pelo auto-intitulado Primeiro Comando da Capital (PCC), apoiou a solução apresentada pelo presidente da CNBB, dom Geraldo Majela Agnelo, de participação das forças armadas na luta contra o crime organizado em São Paulo. Em outubro, Dom Antônio Celso denunciou o que chamou de “clima de corrupção” no Brasil, comparando a corrupção a “um vírus que vai se infiltrando e que [devia] ser combatido”, também criticou os debates realizados entre os presidenciavéis Luís Inácio Lula da Silva, do PT e Geraldo Alckmin, do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). Ainda durante a campanha presidencial, dom Antônio Celso elogiou o programa Bolsa-Família.

Publicou A formação do povo de Deus.

 

                                                                                                                             Bruno Marques

 

Fontes:

http://www.cnbb.org.br/bispos/visual/index.php?nome=Celso&diocese= (Data de acesso: 29.09.2009)

https://www.omdl.com.br/index.php?md=Selec&sl=RL1943&NroLivro=71194 (Data de acesso: 29.09.2009)

http://www.cir.org.br/noticias.php?id=314 (Data de acesso: 29.09.2009)

http://www.jornaldeuberaba.com.br/?MENU=Colunas&SUBMENU=CarlosPaiva&CODIGO=4154 (Data de acesso: 29.09.2009)

http://www.noticiadamanha.com.br/capa/lenoticia.asp?ID=42193 (Data de acesso: 29.09.2009)

http://www.direito2.com.br/acam/2005/nov/29/bispo-defende-integridade-moral-de-jose-mentor (Data de acesso: 29.09.2009)

http://www.delasalle.com.br/dls/religinfor27.pdf0 (Data de acesso: 29.09.2009)

http://www.estadao.com.br/arquivo/cidades/2006/not20060824p29658.htm (Data de acesso: 29.09.2009)

http://www.estadao.com.br/arquivo/cidades/2006/not20060929p67771.htm (Data de acesso: 29.09.2009)

http://www.estadao.com.br/arquivo/cidades/2006/not20061026p68572.htm (Data de acesso: 29.09.2009)

http://noticias.uol.com.br/uolnews/brasil/2006/05/15/ult2492u198.jhtm (Data de acesso: 5.10.2009)



Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados