ZIMMERMANN, Tarcísio

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: ZIMMERMANN, Tarcísio
Nome Completo: ZIMMERMANN, Tarcísio

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
ZIMMERMANN, Tarcísio

ZIMMERMANN, Tarcísio

*dep. fed. RS 1999-2008

 

Tarcísio João Zimmermann nasceu em Santo Cristo (RS), no dia 24 de julho de 1954, filho de Eugênio Matias Zimmermann e Agnez Catarina Zimmmermann.

Formou-se em Ciências Sociais na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) em 1979.

Filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT) desde 1982, em 1996 candidatou-se à prefeitura de Novo Hamburgo pelo PT. Apurados os votos, foi eleito o candidato da coligação entre o Partido Progressista Brasileiro (PPB) e o Partido Democrático Trabalhista (PDT), José Airton dos Santos, ficando Tarcísio Zimmermann em terceiro lugar, com apenas 12,7% dos votos.

Em 1998 foi candidato a deputado federal pelo PT, tendo obtido então apenas uma suplência. Já no ano seguinte, assumiu o mandato, na vaga aberta com o afastamento do deputado Luis Roberto de Albuquerque, do Partido Socialista Brasileiro (PSB). Pouco tempo depois, no entanto, licenciou-se da Câmara dos Deputados, para assumir a Secretaria do Trabalho, Cidadania e Assistência Social do Estado do Rio Grande do Sul, no governo de Olívio Dutra (1999-2003). Nele permaneceu até abril de 2002, quando se desincompatibilizou para concorrer, mais uma vez, a uma vaga de deputado federal pelo PT.

Eleito para a legislatura 2003-2007, no início de seu mandato, Tarcísio Zimmermann assinou manifesto contra a renovação do acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI). Também neste ano coordenou a bancada gaúcha na Câmara.

Em 2004 candidatou-se, mais uma vez, à prefeitura de Novo Hamburgo, ficando 2° lugar no pleito, com 30,56 % dos votos. O candidato eleito foi Jair Foscarini do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), que recebeu 40,49 % dos votos válidos.

Na Câmara dos Deputados, ao longo de  2004, Tarcísio Zimmermann foi eleito presidente da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público, na qual foi relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC)  sobre o trabalho escravo, que previa a expropriação das terras onde fosse constatado o uso deste regime.

Em 2006 reelegeu-se deputado federal. Na nova legislatura, exerceu a vice-liderança  do PT.

Em 2008, elegeu-se finalmente prefeito de Novo Hamburgo (RS) com 51,31% dos votos, o que o obrigou a renunciar ao mandato de deputado federal. Assumiu a prefeitura de Novo Hamburgo no início de 2009.

 

FONTES: Folha de S.Paulo (online). Disponível em : <http://www.folha.uol.com.br>. Acesso em : 04 nov. 2009; Portal de Novo Hamburgo. Disponível em : <http://novo hamburgo.org>. Acesso em : 04 nov. 2009; Portal do PT. Disponível em : <http:// www.pt.org.br>. Acesso em : 04 nov. 2009; Portal do TRE-RS. Disponível em : <http:// www.tre-rs.gov.br>. Acesso em : 04 nov. 2009. 

 

 

 

 

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados