ZONTA, Odacir

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: ZONTA, Odacir
Nome Completo: ZONTA, Odacir

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
ZONTA, Odacir

ZONTA, Odacir

*dep. fed. SC 2003-

 

                Odacir Zonta nasceu na cidade de Encantado (RS) no dia 18 de julho de 1945, filho de Severino Sebastião Zonta e de Dileta Frare Zonta.

                Entre 1963 e 1965 realizou seus estudos de técnico contábil no Colégio Nossa Senhora do Rosário, em Concórdia (SC), e foi escriturário na Sadia, importante empresa da região. Após sua formatura, tornou-se contabilista da empresa de sua família, a Zonta e Cia, localizada em Ipumirim (SC), função que desempenharia até 1995.

Filiou-se em 1967 à Aliança Renovadora Nacional (Arena), partido de sustentação do regime militar instaurado em 1964, e tornou-se membro do diretório dessa agremiação em Ipumirim. Vice-prefeito dessa cidade entre 1969 e 1973, nesse último ano tornou-se prefeito do município. Em 1975, concluiu o curso de filosofia na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Palmas (PR). Deixou a prefeitura de Ipumirim em 1977 e dedicou-se às atividades sindicais, tendo presidido o Sindicato dos Contabilistas de Alto Uruguai (SC) em 1978 e 1979. Teria destacada atuação no cooperativismo, presidindo a Cooperativa de Produção e Consumo de Concórdia entre 1980 e 1995 e pertencendo à Federação das Cooperativas Agropecuárias de 1982 a 1985.

Com a extinção do bipartidarismo em 29 de novembro de 1979 e a consequente reformulação partidária, filiou-se ao Partido Democrático Social (PDS), sucessor da Arena. De 1985 a 1987, no governo de Esperidião Amin (1983-1987), foi secretário de Agricultura do estado de Santa Catarina. Nas eleições municipais de outubro de 1988, foi eleito prefeito de Concórdia na legenda do PDS, e de 1990 a 1991 presidiu a Federação Catarinense de Municípios. Deixou esses dois cargos em 1992, ao final do mandato.

Em 1993, filiou-se ao Partido Progressista Reformador (PPR), resultado da fusão do PDS com o Partido Democrata Cristão (PDC), passando a integrar o diretório da agremiação em Concórdia. No pleito de outubro de 1994 elegeu-se deputado estadual na legenda do PPR. No ano seguinte, ingressou no Partido Progressista Brasileiro (PPB), oriundo da fusão do PPR com o Partido Popular (PP), e tornou-se membro do diretório estadual do partido. Reeleito deputado estadual na legenda do PPB em outubro de 1998, em 1999 ocupou a primeira-secretaria na mesa diretora da Assembléia, mas ainda nesse ano assumiu novamente a Secretaria de Agricultura de Santa Catarina, até 2002. Nesse período, presidiu o Fórum Nacional de Secretários de Agricultura reunido em Brasília nos anos de 2001 e 2002. 

Nas eleições de outubro de 2002, elegeu-se deputado federal por Santa Catarina na legenda do PPB. Empossado em fevereiro seguinte, acompanhou a decisão do partido e filiou-se, ainda em 2003, ao Partido Progressista (PP), resultado da alteração do nome do PPB. Em maio de 2004, passou a exercer a presidência da Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop). Nessa legislatura integrou a Comissão de Agricultura e Política Rural e a Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural. Nas votações constitucionais propostas pelo governo Luís Inácio Lula da Silva (2003-) votou contra a reforma previdência e a favor da reforma tributária. Reeleito deputado federal na legenda do PP em outubro de 2006, assumiu o novo mandato em fevereiro de 2007 e tornou-se membro da Comissão de Agricultura e Política Rural e da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural. Fez parte também do segundo grupo de trabalho sobre a Mata Atlântica.

 

FONTES: CÂM.  DEP. Deputados brasileiros. Repertório. (2003-2007, 2007-2011); Portal do Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras no Estado de Goiás. Disponível em : <http://ite www.ocbgo.org.br>.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados