FRENTE UNICA ANTIGUERREIRA DE SAO PAULO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: FRENTE ÚNICA ANTIGUERREIRA DE SÃO PAULO
Nome Completo: FRENTE UNICA ANTIGUERREIRA DE SAO PAULO

Tipo: TEMATICO


Texto Completo:
FRENTE ÚNICA ANTIGUERREIRA DE SÃO PAULO

FRENTE ÚNICA ANTIGUERREIRA DE SÃO PAULO

 

Frente de luta contra o integralismo, o fascismo e a guerra, organizada em São Paulo no início de 1933 sob a liderança de militantes trotskistas. Constituiu, ao lado do Comitê Nacional contra a Guerra e do Comitê Antiguerreiro de São Paulo, um dos vários movimentos de protesto contra a escalada fascista na Europa e seus reflexos no Brasil surgidos na primeira metade da década de 1930.

Em novembro de 1933, quando o nazismo controlava já toda a Alemanha, os intelectuais paulistas lançaram um manifesto de denúncia contra a guerra e o fascismo, afirmando: “Como eles [os intelectuais europeus], nós também compreendemos que as nossas faculdades intelectuais não podem ser colocadas a serviço dos capitalistas e seus bandos fascistas, fatores e preparadores de guerras. Compreendemos que a nossa finalidade é exatamente evitar que a guerra imperialista aniquile milhares de conquistas do progresso humano, conseguidas à custa dos maiores sacrifícios.” Esse manifesto reafirmava o compromisso assumido com “as massas laboriosas do Brasil” de lutar pela causa antiguerreira e antifascista.

A Frente Única Antiguerreira de São Paulo divulgou intensamente as teses do Congresso Antiguerreiro de Amsterdã, Holanda, reunido por iniciativa dos escritores Romain Rolland e Henri Barbusse.

 

 

FONTE: CARONE, E. República nova.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados