Armando Monteiro Filho I

Entrevista

Armando Monteiro Filho I

Entrevista realizada no contexto da pesquisa "Trajetória e desempenho das elites políticas brasileiras", parte integrante do projeto institucional do Programa de História Oral do CPDOC, em vigência desde sua criação em 1975. O entrevistado fez alterações, supressões e acréscimos ao depoimento gravado. A escolha do entrevistado se justificou por sua trajetória política.
Forma de Consulta:
Entrevista datilografada disponível na Sala de Consulta do CPDOC.

Tipo de entrevista: História de vida
Entrevistador(es):
Eduardo Raposo
Dulce Chaves Pandolfi
Data: 22/10/1979
Local(ais):
Recife ; PE ; Brasil

Duração: 3h45min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Armando de Queiroz Monteiro Filho
Nascimento: 11/9/1925; Reichenberg; -; Áustria;

Formação: Engenheiro Industrial (Mecânico) pela Escola de Engenharia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).
Atividade: Deputado estadual (PSD) (1951-1954). Deputado federal PE (1955-1961). Ministro da Agricultura (1961--1962). Deputado federal PE (1962-1963).

Equipe

Levantamento de dados: Eduardo Raposo;Dulce Chaves Pandolfi;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Eduardo Raposo;Dulce Chaves Pandolfi;

Conferência da transcrição: Nara Azevedo de Brito;

Copidesque: Elisabete Xavier de Araújo;

Técnico Gravação: Clodomir Oliveira Gomes;

Sumário: Nara Azevedo de Brito;

Temas

Agamenon Magalhães;
Armando Monteiro Filho;
Barbosa Lima Sobrinho;
Bipartidarismo;
Cooperativismo;
Cordeiro de Farias;
Estado Novo (1937-1945);
Eurico Gaspar Dutra;
Golpe de 1964;
Governo João Goulart (1961-1964);
Governo Juscelino Kubitschek (1956-1961);
Henrique Teixeira Lott;
Ligas camponesas (1955-1964);
Miguel Arraes;
Ministério da Agricultura;
Movimento Democrático Brasileiro;
Partido Social Democrático - PSD;
Partido Trabalhista Brasileiro - PTB;
Partidos políticos;
Pernambuco;
Reforma agrária;
Revolução de 1930;
Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene);
União Democrática Nacional;

Sumário

1ª Entrevista: 22/10/1979
Origem familiar; formação escolar; participação da família na Revolução de 1930; período de redemocratização e política estudantil; apoio a candidatura de Barbosa Lima Sobrinho e ingresso no PSD; secretário de Viação e Obras Públicas no governo Agamenon Magalhães; comentários sobre o PSD; diferenças de composição social entre PSD e UDN; influência política de Agamenon Magalhães; análise do PTB; ingresso na política; campanha de Barbosa Lima Sobrinho; candidato a deputado estadual pelo PSD em 1950; as teses da campanha de Barbosa Lima Sobrinho; divergências entre o general Dutra e Agamenon Magalhães; desenvolvimento da campanha de Barbosa Lima Sobrinho; engajamento na campanha de Agamenon Magalhães em 1950; análise da campanha eleitoral de 1950; as cooperativas fundadas por Agamenon Magalhães no interior do Estado; plataforma defendida na campanha de 1950; o governo de Agamenon Magalhães durante o Estado Novo; características do segundo governo de Agamenon Magalhães; o trabalho na secretaria de Viação e Obras Públicas; o jornal "Folha da Manhã"; a sucessão ao governo de Agamenon Magalhães; o apoio da UDN a Etelvino Lins; o governo Etelvino Lins; deputado federal em 1954 e área de atuação; eleição ao governo do Estado em 1954; o apoio político ao presidente Juscelino Kubitschek; os problemas no Ministério da Agricultura; o governo Cordeiro de Farias; a campanha eleitoral ao governo do Estado em 1958; os objetivos da SUDENE; análise da atuação político-partidária no governo Juscelino Kubitschek; a Ala Moça do PSD; a atuação do PSD no governo Cid Sampaio; coligação UDN-PC na campanha eleitoral de Cid Sampaio; a campanha eleitoral para prefeito de Recife; indicação para o Ministério da Agricultura no governo João Goulart; sucessão ao governo Cid Sampaio; a Convenção do PSD e a candidatura ao governo do Estado; o governo de Miguel Arraes; a Ala Moça do PSD; a indicação para o Ministério da Agricultura; a candidatura do Marechal Lott à presidência da República; participação na campanha presidencial de 1960; problemas da estrutura agrária brasileira; o programa elaborado para o Ministério da Agricultura; o critério de escolha dos auxiliares para o ministério; problemas enfrentados pelo ministério; comentários sobre o cooperativismo; questões relativas ao sistema de crédito agrícola; o projeto de reforma agrária; as Ligas Camponesas; o governo João Goulart.
2ª Entrevista: 23/10/1979
Problemas relativos à reforma agrária; contatos do Ministério da Agricultura com pequenos proprietários rurais e trabalhadores; as Ligas Camponesas e os sindicatos; comentários sobre o golpe de 1964; o PSD e o movimento de 1964; composição dos novos partidos políticos, ingresso no MDB em 1965; a candidatura ao Senado; o crescimento da oposição durante a ditadura; a Lei Falcão; as candidaturas ao Senado apresentadas pelo MDB; participação na campanha eleitoral em 1978; comentários sobre o projeto do governo de extinção do bipartidarismo; a união das oposições brasileiras em torno do MDB; a rearticulação do PTB.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados