Bergonsil de Oliveira Magalhães

Entrevista

Bergonsil de Oliveira Magalhães

Entrevista realizada no contexto do projeto "Pioneiros e Construtores da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN)", na vigência do convênio entre o CPDOC-FGV e a Fundação CSN. Esta entrevista subsidiou a elaboração do livro "CSN: UM SONHO feito de aço e ousadia." / Coordenadora: Regina da Luz Moreira; Entrevistadores: Ignez Cordeiro de Farias, Mário Grynszpan e Verena Alberti; Pesquisa Iconográfica: Adelina Novaes e Cruz. Rio de Janeiro: IARTE, 2000. A escolha da entrevistada se justificou por ser uma das primeiras mulheres a trabalhar na CSN.
Forma de Consulta:
Entrevista em texto disponível para download.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Verena Alberti
Ignez Cordeiro de Farias
Data: 10/2/1999 a 10/2/1999
Local(ais):
Volta Redonda ; RJ ; Brasil

Duração: 1h22min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Bergonsil de Oliveira Magalhães
Nascimento: 29/5/1925; Ubá; MG; Brasil;

Formação: Segundo grau - curso normal (incompleto) curso de escriturária.
Atividade: Pioneiro da CSN; trabalho na Associação dos Aposentados e Pensionistas de Volta Redonda.

Equipe

Levantamento de dados: Ignez Cordeiro de Farias;Verena Alberti;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Ignez Cordeiro de Farias;Verena Alberti;

Conferência da transcrição: Ignez Cordeiro de Farias;

Copidesque: Verena Alberti;

Técnico Gravação: Clodomir Oliveira Gomes;

Sumário: Cinthia Monteiro de Araujo;

Temas

Bergonsil de Oliveira Magalhães;
Companhia Siderúrgica Nacional;
Edmundo de Macedo Soares e Silva;
Estrangeiros;
Família;
Formação escolar;
Habitação;
Indústria siderúrgica;
Lazer;
Mulher;
Política;
Regime de trabalho;
Segunda Guerra Mundial (1939-1945);
Segurança do trabalho;
Segurança pública;
Serviço social;
Sindicatos de trabalhadores;
Transportes;
Vida cotidiana;
Volta Redonda;

Sumário

Ida para Volta Redonda em 1943: a moradia no hotel, o trabalho como secretária, o sistema de transportes, a casa que a entrevistada recebeu da companhia; origens familiares; primeiros estudos; a complementação dos estudos em Volta Redonda; explicações sobre a carta escrita pela mãe da entrevistada para Edmundo de Macedo Soares e Silva; novos comentários sobre a ida para Volta Redonda: o convite do irmão, a viagem, o namoro e o casamento; discussão sobre a oferta de serviços no período de construção da usina; as opções de lazer na cidade; o sistema de segurança pública oferecido pela companhia e a atuação do capitão Edgar Magalhães da Silva; breve referência ao casamento e à família da entrevistada; comentários sobre a transferência para o escritório central e o trabalho no hospital; discussão sobre a origem do nome "girafa", participação nos lucros da empresa recebida por funcionários; observações sobre o processo de seleção e contratação de funcionários; dificuldades encontradas pela entrevistada pelo fato ser mulher; comentários sobre a jornada de trabalho: o trabalho durante a guerra, o horário, os meios de transporte, o uniforme; atividades da mãe da entrevistada em Volta Redonda; outras informações sobre a complementação dos estudos; incêndio no escritório central; comentários sobre acidentes de trabalho ocorridos na usina; novas observações sobre a atuação do capitão Magalhães; nascimento dos filhos da entrevistada e a conciliação do trabalho com a maternidade; considerações sobre o comportamento dos funcionários americanos e o seu relacionamento com os brasileiros; formação escolar dos filhos: primeiros estudos em Volta Redonda, os cursos ginasial e universitário; comparação entre a assistência oferecida pelo sindicato e pela CSN; opinião da entrevistada sobre a vida política na cidade; críticas às interferências políticas no preenchimento de cargos na CSN; atuação do sindicato dos metalúrgicos em Volta Redonda; atuação de Othon Reis Fernandes como presidente do sindicato e diretor de Serviços Sociais da CSN; opinião da entrevistada sobre a importância da CSN na sua vida.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados