João Paulo Moreira Burnier

Entrevista

João Paulo Moreira Burnier

Entrevista realizada no contexto do projeto "1964 e o regime militar", desenvolvido pelo CPDOC com apoio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), no período de 1992 a 1995. Esta pesquisa contou com a participação de Gláucio Ary Dillon Soares. Numa segunda fase, de 1997 a 2001, passou a integrar o projeto "Brasil em transição: um balanço do final do século XX", apoiado pelo Programa de Apoio a Núcleos de Excelência (Pronex) do Ministério da Ciência e Tecnologia. O projeto resultou na publicação da trilogia VISÕES do golpe: a memória militar sobre 1964; OS ANOS de chumbo: a memória militar sobre a repressão(clique aqui) e A VOLTA aos quartéis: a memória militar sobre a abertura(clique aqui). Além da trilogia, o projeto teve como resultado, ainda, o livro de depoimentos ERNESTO Geisel. A escolha do entrevistado se justificou pela organização e chefia do Centro de Informações da Aeronáutica (CISA), até 1970.
Forma de Consulta:
Entrevista em texto disponível para download.
Entrevista publicada em livro, disponível para download.
Referência completa: OS ANOS de chumbo : a memória militar sobre a repressão / Introdução e organização [de] Maria Celina DAraujo, Gláucio Ary Dillon Soares, Celso Castro. Rio de Janeiro: Relume-Dumará, 1994. 326p. A VOLTA dos quartéis: a memória militar sobre a abertura / Introdução e organização [de] Gláucio Ary Dillon Soares, Maria Celina DAraujo, Celso Castro. Rio de Janeiro: Relume-Dumará, 1995. 328p.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Maria Celina D`Araujo
Celso Castro
Data: 9/12/1993 a 30/12/1993
Local(ais):
Rio de Janeiro ; RJ ; Brasil

Duração: 10h20min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: João Paulo Moreira Burnier
Nascimento: 1/1/1919; Rio de Janeiro; RJ; Brasil;

Formação: Formado pela Escola de Cadetes da Aeronáutica (1942); curso de Informações no Panamá (1967).
Atividade: Chefiou, em 1959, a Revolta de Aragarças contra o governo de Juscelino Kubitschek. Servindo no gabinete do Ministro Márcio de Souza e Melo, foi um dos organizadores do Centro de Informações da aeronáutica (CISA), órgão que chefiou até 1970. Assumiu em seguida, o comando da III zona aérea, que exerceu até o final de 1971, quando foi designado para a diretoria de Documentação Histórica da Aeronáutica. Pediu então, transferência para a reserva no posto de brigadeiro

Equipe


Conferência da transcrição: Ignez Cordeiro de Farias;

Copidesque: Leda Maria Marques Soares;

Técnico Gravação: Clodomir Oliveira Gomes;

Sumário: Priscila Erminia Riscado;

Temas

Aeronáutica;
Anticomunismo;
Ato Institucional, 1 (1964);
Ato Institucional, 5 (1968);
Carlos Lacerda;
Carlos Lamarca;
Caso Parasar (1968);
Chile;
Edgar Stuart Angel;
Eduardo Gomes;
Espionagem;
Força Aérea Brasileira;
Forças Armadas;
Golpe de 1964;
Golpe Militar no Chile (1973);
Governo Costa e Silva (1967-1969);
Governo Emílio Médici (1969-1974);
Governo João Goulart (1961-1964);
João Batista de Oliveira Figueiredo;
João Paulo Moreira Burnier;
Márcio de Souza e Melo;
Márcio Moreira Alves;
Ministério da Aeronáutica;
Panamá;
Partido Comunista Brasileiro - PCB;
Regime militar;
Repressão política;
Sobral Pinto;
Supremo Tribunal Federal;

Sumário

1ª Entrevista: 9.12.1993


Fita 1-A: Início de sua carreira; pioneirismo de sua turma na Escola da Aeronáutica; interesse do entrevistado pela Aeronáutica, influenciado em especial pela Segunda Guerra Mundial; opinião sobre a Segunda Guerra e sua influência para as Forças Armadas brasileiras.
Fita 1-B: Participação do entrevistado, da Aeronáutica e das Forças Armadas na deposição de Getúlio Vargas em 1945; posição da Aeronáutica e das Forças Armadas em relação ao comunismo a aos oficiais comunistas.
Fita 2-A: Longas observações sobre o Golpe de 11 de novembro de 1955, chefiado pelo general Lott.
Fita 2-B: O Golpe de 11 de novembro de 1955, chefiado pelo general Lott (continuação); lembranças da revolta de Aragarças e a participação do depoente.
Fita 3-A: Revolta de Aragarças e a participação do depoente (continuação).

2ª Entrevista: 16.12.1993
Fita 3-B: Considerações sobre os participantes da revolta de Aragarças; comentários sobre a renúncia do presidente Jânio Quadros.
Fita 4-A: Relato sobre a necessidade da criação de um Serviço de Informações da Aeronáutica e da participação do depoente em cursos de informações no Panamá.
Fita 4-B: Recordações do contato travado com militares latino-americanos em seu curso no exterior e do pensamento desses militares com relação ao avanço do comunismo na América Latina; relato sobre a conspiração contra o presidente João Goulart, que levaria ao golpe militar; participação do entrevistado no movimento conspiratório para o golpe militar de 1964.
Fita 5-A: Participação de Burnier no movimento conspiratório para o golpe militar de 1964 (continuação); os grupos militares, seus principais personagens e atuação no golpe militar; participação do depoente no período anterior ao golpe.
Fita 5-B: Avaliação da importância dos movimentos de quebra de hierarquia para o êxito do movimento militar; escolha de Castelo Branco para a Presidência da República.

3ª Entrevista: 23.12.1993
Fita 6-A: Avaliação do governo de Castelo Branco (1964-1967).
Fita 6-B: Cassações ocorridas durante o período militar e inquéritos policiais militares (IPMs); escolha de Costa e Silva para a presidência; comentários sobre a relação entre os serviços secretos das várias forças, inexistência de superposição entre elas e função do entrevistado no CISA.
Fita 7-A: Doença de Costa e Silva, atuação da Junta e a escolha de Médici para a presidência da República; ineficiência, incapacidade das forças policiais civis e militares de reprimir os movimentos de esquerda e os comunistas.
Fita 7-B: Informações sobre o Centro de Informações de Segurança da Aeronáutica (CISA); considerações sobre o Caso Parasar.
Fita 8-A: Longas comentários sobre o Caso Parasar.
Fita 8-B: Comentários sobre o caso Parasar (continuação).

4ª Entrevista: 30.12.1993.

Fita 9-A: Documentação relativa ao caso Parasar; ida para o comando da 3ª Zona Aérea no Rio de Janeiro; observações sobre o relacionamento do entrevistado com o Comandante do I Exército, Sizeno Sarmento; o caso Stuart Angel.
Fita 9-B: Técnicas de interrogatório; afastamento do brigadeiro Márcio de Souza Melo da Aeronáutica e de vários militares "revolucionários" dos postos que ocupavam.
Fita 10-A: Avaliação dos governos Costa e Silva, Médici, Geisel e Figueiredo; campanha do general Frota para a presidência da República.
Fita 10-B: Observações sobre o fim do regime militar e o período de transição; o legado dos governos militares e suas falhas.
Fita 11-A: Comentários sobre o legado dos governos militares e suas falhas.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados