Rubens Penha Cysne

Entrevista

Rubens Penha Cysne

Entrevista realizada no contexto do projeto "As faces do mago da economia: atuação e legado de Mario Henrique Simonsen", desenvolvido em convênio com a Cia. Bozano, Simonsen e a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), entre 2000 e 2001, com o objetivo de publicar um livro de depoimentos sobre Mario Henrique Simonsen - MÁRIO Henrique Simonsen: um homem e seu tempo, depoimentos ao CPDOC/ Organizadores Verena Alberti, Carlos Eduardo Sarmento, Dora Rocha. Rio de Janeiro: Ed. Fundação Getulio Vargas, 2002. 310p. il. O entrevistado foi aluno e é professor da EPGE, sendo especialista em questões de política econômica no pós-1964, período em que Mario Henrique Simonsen colaborou com o Plano de Ação Econômica do Governo (Paeg).
Forma de Consulta:
Entrevista publicada em livro.
Referência completa: MÁRIO Henrique Simonsen: um homem e seu tempo, depoimentos ao CPDOC/ Organizadores Verena Alberti, Carlos Eduardo Sarmento, Dora Rocha. Rio de Janeiro: Ed. Fundação Getulio Vargas, 2002. 310p. il.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Verena Alberti
Carlos Eduardo Barbosa Sarmento
Data: 7/12/2000
Local(ais):
Rio de Janeiro ; RJ ; Brasil

Duração: 1h40min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Rubens Penha Cysne
Nascimento: 19/1/1958; Niterói; RJ; Brasil;

Formação:
Atividade: Professor da EPGE a partir de 1985.

Equipe

Levantamento de dados: Verena Alberti;Carlos Eduardo Barbosa Sarmento;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Verena Alberti;Carlos Eduardo Barbosa Sarmento;

Técnico Gravação: Clodomir Oliveira Gomes;

Sumário: Virgínia Sena Barradas;

Temas

Delfim Neto;
Economia;
Economistas;
Fundação Getulio Vargas;
Mário Henrique Simonsen;
Matemática;
Ministério da Fazenda;
Ministério do Planejamento;
Política salarial;
Roberto Campos;

Sumário

Entrevista: 07.12.2000.
Origem familiar; formação escolar; opção pelo curso de engenharia química Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro (1975-1979); trabalho na multinacional "Dow Química" (1979-1980); surgimento do interesse por economia; o mestrado em economia na Escola de Pós-graduação em Economia da Fundação Getulio Vargas (EPGE-FGV): professores; a volta de Mário Henrique Simonsen para a EPGE em 1979 e os cursos que oferecia; o primeiro contato e o primeiro curso do entrevistado com Simonsen; a política salarial e o tratamento da inflação entre as décadas de 1960 e 1980: utilidade da "curva de Simonsen" para o entendimento da questão; a fórmula salarial feita pelo ministro da Fazenda Mário Henrique Simonsen em novembro de 1974; participação de Mário Henrique Simonsen na elaboração do Plano de ação econômica do governo (PAEG) (1964); comparação entre o PAEG e outros planos econômicos; a instituição da correção monetária em 1964; limites à construção de um Banco Central independente na década de 1960; discordâncias entre Mário Henrique Simonsen (ministro do Planejamento) e Antônio Delfim Neto (ministro da Fazenda) durante a crise do segundo choque do petróleo; razões da saída de Simonsen do governo de João Batista Figueiredo; ingresso no mestrado na Escola de Pós-graduação em Economia da Fundação Getulio Vargas (EPGE -FGV) em 1981: professores, renovação do quadro docente a partir da volta de Mário Henrique Simonsen à Escola; tendência política da EPGE: o rótulo de conservadorismo; o uso da matemática na economia por Mário Henrique Simonsen; artigos de Simonsen que foram publicados internacionalmente; razões da falta de ambição de Mário Henrique por uma carreira acadêmica no exterior; a opção pelo pós-doutorado na Universidade de Chicago (1993-1994); implicações da crescente especialização do conhecimento econômico; crítica ao dogmatismo econômico e caracterização de Simonsen como um economista não doutrinário: comparação com Roberto de Oliveira Campos; criação do Instituto Superior de Economia e Finanças (ISEF) (1982) e o trabalho desta empresa; experiência como professor do centro de economia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) (1988-1994) e relações deste centro com a EPGE; importância do desenvolvimento dos cursos latu sensu para o auto financiamento da FGV; avaliação do legado acadêmico de Mário Henrique Simonsen: formação economistas.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados