Sebastião do Rego Barros II

Entrevista

Sebastião do Rego Barros II

Entrevista realizada no contexto do projeto "Luiz Felipe Lampreia", desenvolvido com financiamento da Souza Cruz, através da Lei Rouanet de incentivo fiscal do Ministério da Cultura, entre julho de 2008 e junho de 2009. O projeto visa à constituição de um banco de entrevistas audiovisuais com o ministro Luiz Felipe Lampreia e pessoas indicadas por ele, além de completar o tratamento técnico do seu arquivo pessoal, doado ao CPDOC.
Forma de Consulta:
Entrevista em texto disponível para download.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Matias Spektor
Data: 19/2/2009
Local(ais):
Rio de Janeiro ; RJ ; Brasil

Duração: 1h38min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Sebastião do Rego Barros
Nascimento: 27/1/1940; Rio de Janeiro; RJ; Brasil;

Falecimento: 9/11/2015; Rio de Janeiro; RJ; Brasil;

Formação:
Atividade: Embaixador do Brasil;diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), entre 2002 e 2005.

Equipe

Levantamento de dados: Matias Spektor;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Matias Spektor;

Transcrição: Lia Carneiro da Cunha;

Conferência da transcrição: Lucas Andrade Sá Corrêa;

Técnico Gravação: Gleise Andrade Cruz; Roberto Jorge Carneiro de Souza Leão; Marco Dreer Buarque;

Sumário: Lucas Andrade Sá Corrêa;

Temas

Acordo Geral de Tarifas e Comércio (GATT);
Acordos e tratados nucleares;
Antônio Azeredo da Silveira;
Argentina;
Ato Institucional, 5 (1968);
Carreira diplomática;
Comissão Nacional de Energia Nuclear;
Direitos humanos;
Emílio Garrastazu Médici;
Energia nuclear;
Estados Unidos da América;
Fernando Henrique Cardoso;
Francisco J. de Araújo Castro;
Golpe de 1964;
Governo Emílio Médici (1969-1974);
Governo Fernando Collor (1990-1992);
Governo Fernando Henrique Cardoso (1995-1998);
Governo Fernando Henrique Cardoso (1999-2002);
Governo João Figueiredo (1979-1985);
Governo José Sarney (1985-1989);
Instituto Rio Branco (IRBr);
Iraque;
Jimmy Carter;
Luiz Felipe Lampreia;
Marcos Coimbra;
Mário Covas;
Mário Gibson Alves Barbosa;
Mikhail Gorbachev;
Missão diplomática;
Organização das Nações Unidas;
Organização dos Estados Americanos;
Paulo Tarso Flecha de Lima;
Raul Fernandes;
Relações internacionais;
Saddam Hussein;
Sebastião do Rego Barros;
Sérgio Armando Frazão;
Tratado de Não-Proliferação de Armas Nucleares (TNP);
União Soviética;

Sumário

Entrevista: 01/09/2008

Arquivo em áudio 1: A seleção para o Instituto Rio Branco, onde o entrevistado conheceu Luiz Felipe Lampreia , entre 1961 e 1962; a reação do entrevistado ao Golpe Militar de 1964; o trabalho na Divisão da Europa Ocidental, em que atuou na área comercial; a reação européia ao Golpe Militar e pequenas manifestações em Bruxelas (1969), em resposta ao AI-5; breves comentários acerca dos produtos exportados pelo Brasil pré-industrialização; menção ao debate acerca do Acordo Geral sobre Tarifas e Comércio (GATT); atuação do entrevistado em Washington, na Organização dos Estados Americanos (OEA); comentários sobre a reação da OEA à Ditadura ao não reconduzir Raul Fernandes para a Comissão Jurídica Interamericana e solução deste problema, pelo chanceler Mário Gibson Barbosa; a nomeação de Sérgio Armando Frazão na ONU, Araújo Castro em Washington e o George Maciel na OEA; comentários acerca do cargo dado a Araújo Castro, dado o fato de ele não ser ligado à ditadura; comentários acerca da ida do Presidente Médici à Washington, em dezembro de 1971; o trabalho no gabinete do ministro Azeredo da Silveira: funções e contexto; o Governo Jimmy Carter e a relação com o Brasil a partir dos temas: Direitos Humanos e Não-Proliferação de armas e energia nucleares; atuação do entrevistado na questão de energia nuclear; o receio de países estrangeiros pela não-assinatura do TNP (Tratado de Não-Proliferação de armas Nucleares); a difícil relação entre Brasil e Argentina; a visita do Secretário de Estado dos Estados Unidos, durante o Governo Jimmy Carter, Cyrus Vance, em que este esquece o plano de estratégias americano no Brasil;

Arquivo em áudio 2: o trabalho com o subsecretário econômico do Governo Figueiredo, Paulo Tarso; a melhora da relação entre Brasil e Argentina no Governo Figueiredo e, principalmente, com os governos de José Sarney, no Brasil, e Raul Afonsin, na Argentina; as reuniões do entrevistado com o negociador argentino Jorge Sábato; reações do então presidente da Comissão Nacional de Energia Nuclear, Rex Nazaré, e do setor militar, à aproximação entre Brasil e Argentina; a carreira do entrevistado e sua promoção a embaixador; eleição de Fernando Collor de Mello á Presidência da República (1989), e ida do entrevistado à Moscou, como embaixador; contexto da União Soviética àquela época, com Mikhail Gorbachev na presidência; instruções e funções do entrevistado enquanto embaixador em Moscou; a visita do então Presidente Fernando Collor à União Soviética; importância de Paulo Tarso no aconselhamento de Collor durante a transição para seu mandato; comentários acerca do assessor diplomático de Collor, Marcos Coimbra; a ida ao Iraque por ocasião de um seqüestro de brasileiros; menção ao encontro com Saddam Hussein antes deste se tornar presidente; críticas à política externa do Governo Collor; o chamado para trabalhar como Secretário Geral do ministro Luiz Felipe Lampreia, durante o Governo Fernando Henrique Cardoso; lembranças acerca de como o entrevistado conheceu Fernando Henrique Cardoso; o convite que Fernando Henrique recebeu de ser chanceler do Governo Collor, negado por orientação de Mário Covas;
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados