Luiz Carlos Corrêa Carvalho

Entrevista

Luiz Carlos Corrêa Carvalho

Entrevista realizada no contexto do projeto “Trajetória e pensamento das elites do agronegócio”, desenvolvido entre setembro de 2011 e dezembro de 2012, com financiamento da presidência da Fundação Getulio Vargas. O projeto tem como objetivos a constituição de um banco de depoimentos (registrados em áudio e vídeo), que deverá ser disponibilizado na internet e, eventualmente, servirá como fonte para a publicação de um livro. Para ter acesso à transcrição e ao vídeo da entrevista clique aqui.
Forma de Consulta:
Entrevista em texto disponível para download.
Entrevista em vídeo disponível na Sala de Consulta do CPDOC e trechos no portal.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Mário Grynszpan
Ana Carolina Bichoffe
Data: 15/10/2012
Local(ais):
Piracicaba ; SP ; Brasil

Duração: 1h22min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Luiz Carlos Corrêa Carvalho
Nascimento: 1/1/0001; Piracicaba; SP; Brasil;

Formação: Possui graduação em engenharia agronômica pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiróz – ESALQ/USP (1973); pós-graduação em Agronomia e em Administração pela Faculdade de Economia e Administração da USP e Vanderbilt University (USA).
Atividade: Foi superintendente geral do Programa Nacional de Pesquisas em Cana-de-Açúcar (PLANALSUCAR), diretor de Modernização do Instituto do Açúcar e do Álcool. É sócio fundador da Canaplan (1983). Secretário Executivo da Comissão Executiva Nacional do Álcool (CENAL) e posteriormente diretor de modernização do Instituto do Açúcar e do Álcool (IAA) do Rio de Janeiro. Foi superintendente da União da Agroindústria Canavieira do Estado de São Paulo (UNICA) entre os anos de 1985 a 2002; Participou da criação do Conselho dos Produtores de Cana-de-Açúcar, Açúcar e Álcool do Estado de S. Paulo (Consecana-SP) (1999). Foi membro da Câmara Consultiva de Açúcar e Álcool da Bolsa de Mercadorias de Futuros. Desde 2004, é coordenador da Sub-Comissão de Biocombustíveis, da Câmara Brasil-Alemanha; foi Presidente da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Açúcar e do Álcool, do Governo Brasileiro de Abril/2003 a Janeiro/2007; foi conselheiro do Centro de Tecnologia Canavieira (CTC) (2004 – 2007); é membro do Conselho Superior do Agronegócio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) desde setembro/2006; é presidente da Associação Brasileira de Agronegócio (ABAG); sócio da Bioagencia, empresa comercializadora de etanol e açúcar nos mercados interno e externo.

Equipe


Transcrição: Leticia Cristina Fonseca Destro;

Conferência da transcrição: Ana Carolina Bichoffe;

Técnico Gravação: Ignorado; Ítalo Rocha Viana;

Sumário: Ana Carolina Bichoffe;Luanna Gentil ;

Temas

Agricultura;
Agroindústria;
Biotecnologia;
Cana de açúcar;
Economia;
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária;
Estados Unidos da América;
Família;
Fundação Getulio Vargas;
Inflação;
Instituto do Açúcar e do Álcool;
Japão;
Legislação trabalhista;
Mato Grosso;
Política agrícola;
Reforma agrária;
Regime militar;
Sociedade civil;
Universidade de São Paulo;

Sumário

Entrevista: 15/10/2012

Origens familiares; a infância em Piracicaba; influências familiares no agronegócio; formação escolar; a trajetória do trabalho com cana de açúcar; o ingresso à Universidade de São Paulo (USP) ; as interferência do regime militar na graduação; o interesse pela área de política agrícola; o trabalho na Secretaria de Agricultura de São Paulo; o trabalho no Instituto do Açúcar e do Álcool (IAA); a relação com a equipe da Fundação Getúlio Vargas (FGV); o surgimento da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa); o acordo com o Japão; a década de 1980 e as interferências na agricultura; a atuação na Comissão Executiva Nacional do Álcool (Cenal); a questão socioambiental; a relação com os Estados Unidos; a agricultura vista como vilã da inflação; as perseguições no campo; os problemas de logísticas em Mato Grosso; as condições do trabalhador rural; a questão da Reforma Agrária no Brasil nos anos de 1980; a busca pelo equilíbrio da cadeira produtiva; o papel da Abag; a importância da imagem da agricultura na sociedade; a aproximação com o público urbano; a questão da legislação nos trabalhos no campo; o processo de industrialização brasileiro com base na agricultura; as relações externas para a economia brasileira; a importância da biotecnologia; a questão tributária na agricultura; a transformação no perfil do agricultor; a questão da terceirização; o processo de arrendamento de terras; conclusões e agradecimentos.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados