Tancredo Neves - O presidente da democracia (título original).

Sobre a consulta
Audiovisual

Identificação

Classificação: TN vídeo 005
Série: vídeo - Vídeos

Tipo: vídeo (Imagens em movimento)

Título: Tancredo Neves - O presidente da democracia (título original).

Data de produção: 1985 (Data certa)

Quantidade de documentos: 1

Descrição física: Fita VHS 2: sonoro, cor, 245 min. 45 seg.
CidadeEstadoPais
Belo Horizonte MINAS GERAIS Brasil

Arquivo:

Autoridades:

  • Plano Propaganda (Produtor)
  • Rede Globo (Emissora de televisão)

Resumo:

Programa produzido pela Rede Globo sobre o estado de saúde e o falecimento de Tancredo Neves. Retrospectiva da evolução do quadro clínico e de fatos importantes de sua carreira política. Antônio Brito, secretário de imprensa, divulga o primeiro boletim médico, do Hospital Base de Brasília. Entrevista de Risoleta Neves e explicações do narrador sobre o estado de saúde do presidente e sobre um bilhete que esse teria escrito ao vice-presidente, José Sarney. Imagem de fotografia de Tancredo Neves ao lado de sua esposa e de médicos após a cirurgia, com narração que explica a transferência do presidente para São Paulo. Pronunciamento de Ulysses Guimarães ao Congresso notificando oficialmente a morte de Tancredo Neves. A seguir, imagens de pessoas rezando nas ruas e algumas sendo entrevistadas, dentre as quais, Carmelita Viegas, a primeira professora de Tancredo Neves. Declarações dos líderes políticos internacionais Raul Alfonsín, Daniel Ortega e Ronald Reagan desejando a recuperação do presidente brasileiro. José Sarney discorre sobre sua visita a Tancredo Neves no hospital. Imagens de manifestações religiosas e depoimento de Esperidião Amim sobre a perda de Tancredo Neves. Imagens, ao vivo, da chegada do presidente a São Paulo, em março de 1985. Logo após, Antônio Brito anuncia a próxima cirurgia de Tancredo Neves e Risoleta Neves pede às pessoas que continuem rezando. A seguir, com auxílio de ilustrações, o narrador explica as cirurgias sofridas pelo presidente. Declarações do Dr. Henrique Walter Pinoti e imagens deste e de Warren Zaple no INCOR. Jornalista informa que na Argentina foi decretado luto oficial e Paulo Henrique Amorim entrevista Raimundo Faoro, que fala sobre a obra política de Tancredo Neves. Em entrevista a Álvaro Pereira, Ulysses Guimarães e José Fragelli comentam sobre a posse de José Sarney. Antônio Brito lê uma carta de Tancredo Neves para José Sarney. Breve depoimento de Dom Paulo Evaristo Arns. Sérgio Chapelain pronuncia uma oração em homenagem ao presidente e Mário Lago declama um poema de Dom Marcos Barbosa. Depoimento de Dom Eugênio Salles sobre a religiosidade de Tancredo Neves e, em seguida, declaração do senador Amaral Peixoto sobre a conquista do direito ao voto. Sérgio Chapelain comenta o estado de saúde do presidente após as eleições e, logo após, imagens de suas visitas a lideranças internacionais, com narração de Celso Freitas. De Brasília, Álvaro Pereira declara oficialmente a morte de Tancredo Neves e a posse de José Sarney. Dom Luciano Mendes de Almeida fala a Carlos Nascimento sobre a missa de corpo presente. Depoimento do rabino Henri Sobel e Carlos Nascimento dá as últimas notícias sobre a morte e sobre o funeral do presidente. Entrevista de Aluísio Alves, ministro da administração, e pronunciamento de José Sarney como presidente empossado. Do INCOR, onde estão presentes Mário Covas e André Franco Montoro, Antônio Brito anuncia a trajetória do corpo de Tancredo Neves em São Paulo. André Franco Montoro faz breve depoimento. A seguir, homenagem do poeta Thiago de Mello a Tancredo Neves. O escritor Dias Gomes e a atriz Cristiane Torloni comentam, em entrevista, sobre a morte do presidente. De Porto Alegre, Flávio Porcello lê pronunciamento de Jair Soares, governador do estado. Após leitura de nota escrita por Roberto Marinho, são mostrados o depoimento de Lygia Fagundes Telles e a atriz Zilca Salaberry narrando uma fábula. Waldir Pires, ministro da previdência, e Luis Eulálio Bueno Vidigal, presidente da Fiesp, falam sobre a morte de Tancredo Neves. De Brasília, a repórter Sandra Moreira lê mensagem de Olavo Setúbal para missões diplomáticas estrangeiras no Brasil e Antônio Carlos Magalhães, Arnaldo Falcão, Hélio Beltrão, Gerson Camata e Roberto Magalhães falam sobre o falecimento do presidente. A seguir, entrevista de Raimundo Faoro sobre a posse de José Sarney. Célio Borja, ex-presidente da Câmara, conversa com a jornalista Leda Nagle sobre a situação constitucional do país. Depoimento de Osmar Santos sobre a campanha das "Diretas Já" e Chico Anísio declama poesia de José Figueirone em homenagem a Tancredo Neves. Imagens de entrevista coletiva de Tancredo Neves sobre dívida externa e depoimentos de Alzira Vargas e do compositor Toquinho. Imagens de um comício das "Diretas Já" e trecho de um discurso de Tancredo Neves sobre o voto. Depoimentos de Raul Cortez e Grande Otelo, e do ministro da desburocratização, Paulo Lustosa. Cenas do colégio eleitoral. O pastor James Right declama um salmo. Entrevista de Hélio Garcia dando apoio a José Sarney. Nelson Carneiro, líder do PTB, e Gonzaga Mota, governador do Ceará, falam sobre a morte de Tancredo Neves. Fafá de Belém faz uma declaração e logo após canta o hino nacional. Cristiane Torloni interpreta um texto de Otto Lara Rezende e a deputada e atriz Ruth Escobar fala sobre Tancredo Neves. Em seguida, a jornalista Leila Cordeiro dá informações sobre o funeral. Depoimento de Bibi Ferreira. Imagens do cortejo fúnebre. José Frageli comunica oficialmente a morte de Tancredo Neves e a posse de José Sarney. Novamente, imagens do cortejo com narração, em off, do jornalista Fábio Perez sobre as últimas informações do funeral. Imagens do aeroporto de Congonhas, onde políticos, amigos e parentes assistem a entrada do corpo de Tancredo Neves no avião que o levaria a Minas Gerais, acompanhado de Risoleta Neves, Aécio Neves, Franco Montoro, José Hugo Castello Branco, Dom Paulo Evaristo Arns, entre outros. O jornalista Celso Freitas dá os últimos informes e Caco Barcelos faz nova retrospectiva dos momentos finais da vida de Tancredo Neves. Breve entrevista do jogador de futebol Reinaldo. Celso Freitas comenta declaração de Wilson Braga sobre a morte do presidente.

Notas:

Fita indisponível para consulta. Não digitalizada por motivos técnicos.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.



CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados