AGUIAR, WILSON DE SOUSA

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: AGUIAR, Wilson de Sousa
Nome Completo: AGUIAR, WILSON DE SOUSA

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
AGUIAR, Wilson de Sousa

AGUIAR, Wilson de Sousa

* min. TCU 1974-1975.

 

  Wilson de Sousa Aguiar nasceu em Manaus no dia 31 de julho de 1917, filho de João José de Aguiar Júnior e Malvina de Sousa Aguiar.

Formado em economia e técnica de administração, iniciou suas atividades no serviço público como chefe de gabinete do diretor-geral do Departamento de Administração do Serviço Público (DASP), em 1946. Foi, a seguir, chefe da seção de classificação de cargos do mesmo órgão, até 1947, ano em que deixou o cargo para assumir a chefia do serviço de pessoal do Hospital dos Servidores do Estado na qual permaneceu até 1951. No Hospital dos Servidores foi, ainda, chefe da divisão de administração, diretor, membro do conselho técnico, nos anos de 1954 e 1955.

De volta ao DASP, ocupou a chefia da seção de organização da divisão de orçamento, em 1955-1956. Neste último ano  tornou-se tesoureiro da Sociedade Brasileira de Administração e diretor do serviço de administração do DASP. Em 1957, afastou-se para assumir o cargo de diretor do departamento de administração do Instituto Nacional de Imigração e Colonização, do qual foi também diretor-tesoureiro substituto, até o ano seguinte.

Em 1958, tornou-se técnico administrativo sênior da Petrobrás, e, a partir de 1961 passou a ocupar cargos diversos nesta estatal. Foi chefe de divisão de relações industriais da Refinaria Landulfo Alves e chefe do setor de relações humanas e bem-estar social da assessoria geral de pessoal, no período 1961-1962. Entre 1962 e 1965 exerceu a chefia da divisão de administração da obra de construção do oleoduto Rio-Belo Horizonte,e, ainda neste último ano, a   chefia da divisão de administração do departamento de transporte da Petrobrás. Foi chefe do serviço central de pessoal de 1965 a 1967, ano em que transferiu-se para Ministério das Minas e Energia, para ocupar o cargo de diretor geral do Departamento de Administração. Entre 1968 e 1971 acumulou estas funções com a de inspetor geral de finanças do ministério. Foi também membro do conselho fiscal da Companhia Vale do Rio Doce em 1968 e 1969.

Em 1971, foi empossado na presidência da Central de Medicamentos (CEME). No ano seguinte atuou também como consultor científico de administração e economia médica da Diretoria de Saúde da Aeronáutica. Afastou-se da presidência da CEME  em março de 1974 para tomar posse como ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), por indicação do presidente da República, general Ernesto Geisel, aí permanecendo até o ano seguinte.

Em 1975 e 1976, ocupou a assessoria do diretor geral da empresa estatal brasileiro-paraguaia Itaipui Binacional, coordenando os projetos de saúde no lado brasileiro entre 1976 e 1980. Foi ainda representante do diretor geral da empresa em Foz do Iguaçu, chefe da auditoria interna da Itaipu Binacional, lado brasileiro e membro do conselho curador da Fundação Educacional de Foz do Iguaçu (Funefi).

Exerceu ainda o cargo de diretor do serviço de colocação e encaminhamento de trabalhadores do Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio e foi membro do Conselho de Estudos da Amazônia Ocidental.


FONTE: TCU. Dados (1893-1990).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados