ALVARO COUTINHO DA MOTA

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: MOTA, Álvaro
Nome Completo: ALVARO COUTINHO DA MOTA

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
MOTA, ÁLVARO

MOTA, Álvaro

*dep. fed. RN 1968-1969 e 1970-1971.

            Álvaro Coutinho da Mota nasceu em Campina Grande (PB) no dia 22 de setembro de 1934, filho de João Francisco da Mota e de Severina Coutinho da Mota.

            Graduou-se em ciências jurídicas e sociais pela Faculdade de Direito da Universidade de Pernambuco em 1959.

            Advogado e diretor financeiro da empresa familiar J. Mota Indústria e Comércio, iniciou sua carreira política elegendo-se deputado estadual pelo Rio Grande do Norte em outubro de 1962, na legenda do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB). Assumiu o mandato em fevereiro e, após o movimento político-militar de março de 1964 que depôs o presidente João Goulart, a extinção dos partidos políticos pelo Ato Institucional nº 2 (27/10/1965) e a posterior instauração do bipartidarismo, filiou-se à Aliança Renovadora Nacional (Arena), partido de apoio ao governo.

            Em novembro de 1966 elegeu-se primeiro-suplente de deputado federal pelo Rio Grande do Norte e, em janeiro do ano seguinte, encerrou o mandato de deputado estadual. Ocupou uma cadeira na Câmara de março de 1968 a janeiro de 1969 e, novamente, a partir de abril de 1970. Em novembro desse ano, elegeu-se suplente do senador Jessé Pinto Freire pelo Rio Grande do Norte, sempre na legenda da Arena. Deixou a Câmara dos Deputados em janeiro de 1971 e concorreu mais uma vez a uma vaga de deputado federal em novembro de 1974, mas obteve apenas uma suplência.

            A partir dessa época, passou a dedicar-se a seus negócios particulares. Além de continuar respondendo pela diretoria financeira da J. Mota, tornou-se, em 1974, diretor administrativo da empresa Confecções Arpel S.A., cargo que ocuparia até 1981. Foi também diretor-presidente da Companhia Norteriograndense de Crédito, Financiamento e Investimentos — Rionor (1975-1977), diretor administrativo da Piruá Construtora e Reflorestadora Ltda. (1977-1985), diretor industrial da Arpel S.A., presidente do conselho de administração do Bander Crédito Imobiliário S.A. (1980-1987). Em 1986, assumiu a presidência da Mota Hotéis S.A.

            Ao longo desses anos, também exerceu cargos públicos como o de diretor-presidente do Banco de Desenvolvimento do Rio Grande do Norte (1979-1980) e do Banco do Estado do Rio Grande do Norte (1980-1987).

            Em 26 de setembro de 2007, nas eleições para a nova diretoria do Sistema da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN), foi eleito membro efetivo do Conselho Fiscal. Foi empossado no cargo em outubro seguinte, com mandato previsto até 30 de outubro de 2011.

            Sem deixar de fazer parte da diretoria da FIERN, em 2009 apareceu como um dos associados da Associação Brasileira dos Químicos e Técnicos da Indústria do Couro (ABQTIC), entidade civil sediada no Rio Grande do Sul, cuja finalidade, dentre outras, é proporcionar assessoria técnica e científica aos sócios e elaborar glossários destinados aos interessados pela indústria do couro.

            Casou-se com Marisa Sousa Mota, com quem teve uma filha.

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1967-1971); Diário de Natal (25/11/06, 26/9/07); INF. Ana Patrícia Dias; NÉRI, S. 16; TRIB. SUP. ELEIT. Dados (6, 8 e 9); www.abqtic.com.br/associados (Acesso em 25/8/09); www.nominuto.com/noticias (Reportagem de 29/10/07. Acesso em 25/8/09); www.sis.dieese.org.br/detalhes (Acesso em 25/8/09).

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados