ALVES, OSCAR RODRIGUES

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: ALVES, Oscar Rodrigues
Nome Completo: ALVES, OSCAR RODRIGUES

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
ALVES, OSCAR RODRIGUES

ALVES, Oscar Rodrigues

*const. 1934.

 

Oscar Rodrigues Alves nasceu em Guaratinguetá (SP) no dia 16 de novembro de 1884, filho de Francisco de Paula Rodrigues Alves e de Ana Guilhermina de Oliveira Alves. Seu pai foi deputado geral em 1885, presidente da província de São Paulo de 1887 a 1888, constituinte de 1891, deputado federal de 1891 a 1893, ministro da Fazenda de 1891 a 1892 e de 1894 a 1896, senador por São Paulo de 1893 a 1894, de 1897 a 1900 e de 1916 a 1918, presidente do estado de São Paulo de 1900 a 1902 e de 1912 a 1916 e presidente da República de 1902 a 1906. Em 1918 foi mais uma vez eleito presidente da República, mas faleceu no ano seguinte, antes de haver assumido o mandato. Sua mãe descendia da família Oliveira Borges, cujo titular foi Francisco de Assis e Oliveira Borges, barão e visconde de Guaratinguetá. Seu irmão, o diplomata José de Paula Rodrigues Alves, foi embaixador do Brasil na Argentina de 1926 a 1930 e de 1938 a 1944.

Oscar Rodrigues Alves fez os estudos primários em sua cidade natal e os secundários nos colégios Quirino, em Taubaté (SP), São Luís Gonzaga, em Petrópolis (RJ), Abílio e Alfredo Gomes, ambos no Rio de Janeiro, então Distrito Federal. Em 1897 ingressou na Escola Naval, permanecendo durante um ano como aspirante a guarda-marinha. No ano seguinte deixou essa instituição para ingressar na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, onde foi interno da cadeira de clínica propedêutica regida pelo professor Miguel Couto, formando-se em 1904. Logo em seguida tornou-se assistente dos cientistas Chapot Prevost e Miguel Pereira e médico da Assistência Pública do Rio de Janeiro.

Em 1905 representou o Brasil no Congresso Internacional contra a Tuberculose, realizado em Paris. Após ter freqüentado hospitais e clínicas da capital francesa, de Viena, na Áustria, e de Berlim, na Alemanha, realizou o curso do Instituto Pasteur, em Paris. Regressando em 1906 ao Brasil, tornou-se assistente da cadeira de clínica médica na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro e dedicou-se ao exercício da medicina até 1911. Juntamente com Arnaldo Vieira de Carvalho e Altino Arantes, foi um dos principais incentivadores da criação da Faculdade de Medicina de São Paulo, concretizada em dezembro de 1912. Fixando-se na capital paulista, foi secretário da presidência de São Paulo de 1912 a 1916 e secretário dos Negócios do Interior de 1916 a 1920. Membro do Partido Republicano Paulista (PRP), foi senador estadual em São Paulo de 1922 a 1930, tendo integrado a Comissão de Higiene e Instrução Pública.

Em maio de 1933 elegeu-se deputado à Assembléia Nacional Constituinte na legenda da Chapa Única por São Paulo Unido, coligação integrada pelo PRP e o Partido Democrático (PD). Assumindo o mandato em novembro desse ano, participou dos trabalhos constituintes e, com a promulgação da nova Carta (16/7/1934), teve o mandato estendido até maio de 1935. Apoiou a implantação do Estado Novo, em novembro de 1937, que suprimiu os órgãos legislativos do país, conferindo a Vargas poderes ditatoriais.

Diretor-presidente da Fábrica de Fiação e Tecelagem Pirassununga e diretor-superintendente da Companhia Agrícola Rodrigues Alves, constituída por quatro propriedades em São Manuel (SP) e uma em Guaratinguetá, foi ainda presidente do conselho regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e diretor da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP).

Pertenceu à Sociedade de Medicina do Rio de Janeiro, à Academia Nacional de Medicina, à Sociedade de Medicina e Cirurgia de São Paulo e à Santa Casa de Misericórdia desse estado. Foi também o co-fundador da Sociedade Rural Brasileira.

Faleceu em 1951.

Foi casado com Margarida Santos, com quem teve um filho.

Publicou Diagnóstico dos tumores abdominais (tese de doutorado, 1904) e O tratamento do diabetes.

 

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados; Câm. Dep. seus componentes; COUTINHO, A. Brasil; GODINHO, V. Constituinte; HIRSCHOWICZ, E. Contemporâneos; LEITE, A. História.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados