ANTONIO AUGUSTO DE CARVALHO CHAVES

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: CHAVES, Antônio de Carvalho
Nome Completo: ANTONIO AUGUSTO DE CARVALHO CHAVES

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
CHAVES, ANTÔNIO DE CARVALHO

CHAVES, Antônio de Carvalho

*dep. fed. PR 1904-1914; interv. PR 1947.

 

Antônio Augusto de Carvalho Chaves nasceu em Macaíba (RN) no dia 26 de março de 1875, filho de Joaquim Gonçalves Chaves Filho e de Francisca Teixeira de Carvalho Chaves.

Em 1883, sua família transferiu-se para o Paraná. Fez os estudos primários no Colégio Partenon Paranaense e os secundários no colégio do professor Artur Loiola, em Curitiba. Ingressou em seguida na Faculdade de Direito de São Paulo, pela qual bacharelou-se em 1895. Nesse ano, ainda antes de se formar, foi promotor público em Ribeirão Preto (SP).

Retornando ao Paraná, foi nomeado secretário do Interior, Justiça e Instrução Pública do estado em março de 1896. Deixou o cargo em 25 de fevereiro de 1900, assumindo no dia seguinte a Secretaria Estadual de Finanças, Comércio e Indústria, à frente da qual permaneceu até fevereiro de 1904. Tornou-se então advogado da Estrada de Ferro São Paulo-Rio Grande.

Em junho de 1904, elegeu-se deputado federal pelo Paraná, obtendo três reeleições sucessivas e permanecendo até 1914 na Câmara Federal, onde integrou a Comissão de Obras Públicas. De 1906 a 1907, cumpriu também mandato como deputado estadual.

Com a vitória da Revolução de 1930, foi nomeado presidente da Comissão de Sindicância do Paraná.

No pleito de outubro de 1934, foi novamente eleito deputado estadual, na legenda do Partido Social Democrático (PSD) do Paraná, exercendo o mandato de 1935 a 10 de novembro de 1937, quando o advento do Estado Novo suspendeu o funcionamento dos órgãos legislativos em todo o país. Durante essa legislatura, presidiu a Assembléia Legislativa e representou o PSD paranaense na convenção nacional em que foi lançada a candidatura de José Américo de Almeida à presidência da República (25/5/1937).

Em 1947, foi nomeado interventor federal no Paraná, permanecendo no cargo até transmiti-lo, ainda no mesmo ano, ao governador eleito Moisés Lupion.

Foi membro da Sociedade Nacional de Agricultura desde 1907, e da Sociedade de Geografia do Rio de Janeiro. Em Curitiba, colaborou nos periódicos A República e O Estado.

Faleceu na capital paranaense no dia 3 de junho de 1949.

Foi casado com Rosa de Carvalho Chaves. Seu filho, Eduardo de Carvalho Chaves, militar, foi chefe do Estado-Maior do Exército em 1963 e chefe do Departamento Geral de Pessoal do Exército em 1963 e 1964.

 

 

FONTES: ABRANCHES, J. Governos; CÂM. DEP. Deputados; Diário de Notícias, Rio (26/5/37); Grande encic. Delta; NICOLAS, M. Cem; Personalidades; VAMPRÉ, S. Memórias.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados