ANTONIO HOLANDA COSTA

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: HOLANDA, Antônio
Nome Completo: ANTONIO HOLANDA COSTA

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
HOLANDA, ANTÔNIO

HOLANDA, Antônio

*dep. fed. AL 1991-1995.

 

Antônio Holanda Costa nasceu em União dos Palmares (AL), no dia 10 de janeiro de 1948, filho de Otacílio Holanda de Andrade e de Alice Costa Andrade.

Formado em medicina pela Universidade Federal de Alagoas em 1975, em novembro do ano seguinte elegeu-se vereador de Maceió na legenda da Aliança Renovadora Nacional (Arena), partido de sustentação do regime militar instaurado no país desde abril de 1964. Líder da bancada (1977-1978) e depois vice-presidente da Câmara Municipal, com o fim do bipartidarismo em novembro de 1979, e a conseqüente reorganização partidária, ingressou no Partido Democrático Social (PDS), sucessor da Arena.

Em novembro de 1982 elegeu-se deputado estadual. Vice-presidente (1983-1984) e secretário (1985-1986) da Assembléia Legislativa, e, já filiado ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), elegeu-se deputado estadual constituinte em novembro de 1986. Presidente da Comissão de Justiça, licenciou-se do mandato para ocupar a Secretaria de Saneamento e Energia do governo de Fernando Collor de Melo (1987-1988). Em 1990 voltou a se licenciar, ocupando a pasta da Saúde, no governo de Moacir Andrade (1989-1991).

Em outubro de 1990 elegeu-se deputado federal na legenda do Partido Social Cristão (PSC). Líder da bancada, titular da Comissão de Relações Exteriores e suplente da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática, faltou à sessão que a Câmara dos Deputados realizou em 29 de setembro de 1992, para votar a abertura do processo de impeachment do presidente Fernando Collor de Melo (1990-1992), acusado de crime de responsabilidade por ligações com um esquema de corrupção liderado pelo ex-tesoureiro de sua campanha presidencial Paulo César Farias. Afastado da presidência logo após a votação na Câmara, Collor renunciou ao mandato em 29 de dezembro de 1992, pouco antes da conclusão do processo pelo Senado Federal, sendo efetivado na presidência da República o vice Itamar Franco, que já vinha exercendo o cargo interinamente desde 2 de outubro.

Durante a legislatura Antônio Holanda votou a favor do reajuste de salário dos deputados, do redutor para os salários e do Fundo Social de Emergência (FSE).

No pleito de outubro de 1994 disputou uma vaga no Senado na legenda do PSC, mas foi malsucedido. Deixou a Câmara ao término da legislatura, em janeiro de 1995.

Casado com Deise de Fátima Macedo Holanda, teve quatro filhos. Um deles, Antônio Holanda Costa Júnior foi eleito deputado estadual em 2006, mas teve o mandato cassado pela Justiça Eleitoral em 2008.

 

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1991-1995); Folha de S. Paulo (18/9/84); NICOLAU, J. Dados.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados