ANTONIO MARIA DE RESENDE CORREIA

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: CORREIA, Antônio
Nome Completo: ANTONIO MARIA DE RESENDE CORREIA

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
CORREIA, Antônio [COMPLETAR]

CORREIA, Antônio

*  const. 1946; dep. fed.  PI 1946-1955.

 

             Antônio Maria de Resende Correia nasceu em União (PI) no dia 25 de janeiro de 1909, filho de Estêvão Correia e de Isabel de Resen­de Correia.

             Fez os estudos básicos em sua terra natal, ingressando em 1925 na Faculdade de Medici­na da Universidade do Rio de Janeiro, na capi­tal da República, pela qual se formou em 1930. Especializou-se em ginecologia e obstetrícia, na Faculdade de São Paulo, e, de volta ao Piauí, foi aprovado em 1938 no concurso para professor da Escola Normal Ofi­cial de Teresina com a tese Do determinismo sexual. Lecionou nessa instituição até 1944, quando se demitiu por discordar da nova legis­lação do ensino vigente no estado.

             Dedicando-se à política, no pleito de de­zembro de 1945 foi eleito deputado à Assem­bléia Nacional Constituinte pelo Piauí na le­genda da União Democrática Nacional (UDN).  Participou dos trabalhos constituintes inicia­dos em fevereiro de 1946, e, com a promulga­ção da nova Carta (18/9/46) e a transformação da Assembléia em Congresso ordinário, participou da Comissão Permanente de Obras Públicas da Câmara Federal e da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instaurada pa­ra apurar os denominados atos delituosos da ditadura, cometidos durante o Estado Novo.  Em 1947 defendeu da tribuna o governador de seu estado, o udenista José da Rocha Fur­tado, denunciando ameaça de intervenção fe­deral no Piauí.  Em 1949 integrou o conselho deliberativo do recém-implantado Centro de Estudos e Defesa do Petróleo e da Economia Nacional (CEDPEN) e tornou-se também membro do conselho consultivo desse órgão, onde permaneceu até 1950.

                Em outubro desse ano foi reeleito na legen­da da UDN e no pleito seguinte, de outubro de 1954, candidatou-se novamente, agora na legenda da Aliança Democrática Progressista, constituída pela UDN, o Partido Social Progres­sista (PSP) e o Partido Libertador (PL). Obtendo apenas uma suplência, concluiu seu mandato em janeiro de 1955 e não mais retornou à Câmara Federal.

             Foi ainda presidente da Associação Piauien­se de Medicina e membro da Associação Piauien­se de Imprensa.

 

FONTES:  CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório. (1946-1967); CÂM. DEP. Relação dos dep.; CARVALHO, E. Petróleo; CISNEIROS, A. Parlamentares; Diário do Con­gresso Nacional; Grande encic.  Delta; SILVA, G. Constituinte; TRIB.  SUP. ELEIT.  Dados (1, 2 e 3).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados