ARI FRAUZINO PEREIRA

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: FRAUZINO, Ari
Nome Completo: ARI FRAUZINO PEREIRA

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
FRAUZINO, ARI

FRAUZINO, Ari

*dep. fed. GO 1954.

 

Ari Frauzino Pereira nasceu em Vila Xavier de Almeida, hoje Corumbaíba (GO) no dia 14 de julho de 1917, filho do fazendeiro Catulino Frauzino Pereira e de Diva Siqueira Frauzino Pereira. Seus avós, materno e paterno, foram, respectivamente, intendentes de Corumbaíba e de Caldas Novas.

Em 1945, formou-se pela Faculdade Nacional de Medicina, do Rio de Janeiro, então Distrito Federal.

Iniciou sua vida parlamentar elegendo-se deputado estadual na legenda da Esquerda Democrática (ED), nas eleições de outubro de 1946, empossado em fevereiro seguinte para a legislatura 1947-1951. A ED foi uma dissidência interna da União Democrática Nacional (UDN), partido fundado em 7 de abril de 1945, no início do processo de redemocratização do país após a desagregação do Estado Novo (1937-1945). Tal dissidência surgiu a partir da posição ideológica de um grupo de tendências socializantes, que defendia o aprofundamento das conquistas sociais do governo de Vargas. Entre seus articuladores destacavam-se Domingos Velasco, Herculino Cascardo, Hermes Lima, João Mangabeira, Juraci Magalhães e Edgar de Castro Rabelo, entre outros.

No pleito de outubro de 1950, elegeu-se suplente de deputado federal por Goiás na legenda da Coligação Democrática, composta pelo Partido Social Progressista (PSP), ao qual era filiado, e a União Democrática Nacional (UDN). Foi convocado a assumir uma cadeira na Câmara no dia 2 de julho de 1954, nela permanecendo até dezembro do mesmo ano.

De 1964 a 1967, chefiou a seção de cirurgia abdominal do Instituto Nacional do Câncer (Inca). Em seguida, foi um dos chefes de clínica cirúrgica do mesmo instituto. Em 1970, assumiu a direção da Federação das Escolas Federais Isoladas do Estado da Guanabara (FEFIEG), atual Uni-Rio. Foi ainda professor titular da cadeira de cirurgia experimental e anestesiologia da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Pioneiro na cirurgia oncológica, foi considerado um dos maiores especialistas do Brasil nesse ramo. Formou mais de cem especialistas em cirurgias contra o câncer. Membro do Colégio Americano de Cirurgiões e membro titular do Colégio Brasileiro de Cirurgia, foi também presidente da Sociedade de Cirurgia Oncológica.

Proprietário da Clínica Ari Frauzino Pereira e ex-diretor do Inca, trabalhava nesse hospital quando faleceu, na cidade do Rio de Janeiro, no dia 27 de outubro de 1986.

Era casado com Nilce Teixeira Frauzino Pereira, com quem teve uma filha.

Publicou diversos trabalhos sobre cirurgia, proctologia e cancerologia.

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1946-1967); Grande encic. Delta; Jornal do Brasil (28/10/86); Veja (5/11/86).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados