Arildo Matos Teles

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: TELES, Arildo
Nome Completo: Arildo Matos Teles

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:

TELES, Arildo

*militar; dep. fed. RJ 1983-1987.

 

Arildo Matos Teles nasceu em Aracaju no dia 8 de março de 1934, filho de Arquibaldo Teles de Meneses e de Zulinah Matos Teles.

            Segundo-sargento da Aeronáutica, realizou seus estudos na área de ciências humanas, licenciando-se em pedagogia pela Faculdade de Educação da Sociedade Universitária Augusto Mota e em filosofia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Bacharelou-se em ciências jurídicas e sociais pela Faculdade de Direito da Universidade Federal Fluminense (UFF) e posteriormente cursou o mestrado em administração escolar na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Paralelamente a seus estudos, atuou como professor da rede pública de ensino do estado do Rio de Janeiro, tendo sido diretor-geral do Colégio João Lira Filho.

Em novembro de 1982 foi eleito deputado federal pelo Rio de Janeiro na legenda do Partido Democrático Trabalhista (PDT). Assumiu o mandato em fevereiro de 1983 e integrou na Câmara dos Deputados, no mesmo ano, a Comissão de Educação e Cultura e a Comissão de Agricultura e Política Rural, esta como suplente.

Na sessão de 25 de abril de 1984 votou a favor da emenda Dante de Oliveira, que propunha o restabelecimento de eleições diretas para a presidência da República em novembro desse ano. Como a emenda não obteve a votação necessária para ser encaminhada ao Senado, decidiu apoiar, no Colégio Eleitoral reunido a 15 de janeiro de 1985 para escolher o novo presidente do país, a chapa vitoriosa Tancredo Neves/José Sarney lançada pela Aliança Democrática, coligação do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) com a dissidência do Partido Democrático Social (PDS) denominada Frente Liberal. Acometido por uma diverticulite, Tancredo, no entanto, não chegou a ser empossado, vindo a falecer em 21 de abril de 1985. Foi substituído na presidência por Sarney, que vinha ocupando o cargo interinamente desde o dia 15 de março .

            Em novembro de 1986, Arildo Teles concorreu à reeleição, mas não foi bem-sucedido. Com o término do seu mandato, em janeiro de 1987, retirou-se da Câmara. Tentou reeleger-se mais uma vez nos pleitos de outubro de 1990 e de 1994, sem êxito.

            Teve cinco filhos.

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1983-1987); Globo (26/4/84 e 16/1/85).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados