ARRUDA, Avenzoar

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: ARRUDA, Avenzoar
Nome Completo: ARRUDA, Avenzoar

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
ARRUDA, Avenzoar

ARRUDA, Avenzoar

* dep. fed. PB 1999-2003.

 

                José Avenzoar Arruda das Neves nasceu na cidade de Bonito da Fé (PB), no dia 13 de abril de 1962, filho de Francisco Arruda de Sousa e de Francisca Neves de Sousa.

Em 1981, ingressou no curso de engenharia mecânica da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Nesse mesmo ano, foi eleito coordenador do Centro Acadêmico de Engenharia Mecânica. Membro do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão da universidade em 1981 e 1982, neste último ano foi nomeado membro do Conselho de Transportes Urbanos da Prefeitura de João Pessoa, ocupando esse cargo até 1983. Entre 1983 e 1984, ocupou a presidência do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UFPB e, nesse mesmo período, foi membro do Conselho Universitário. No ano seguinte, foi eleito presidente da Associação Universitária de Bonito de Santa Fé, função que exerceu até 1985.

Em 1986, filiou-se ao do Partido dos Trabalhadores (PT), dando início à sua trajetória político-partidária. Em 1987, ingressou no magistério como professor do Colégio Marista Pio X, em João Pessoa. Formou-se engenheiro mecânico pela UFPB em 1988 e no ano seguinte começou a lecionar na Escola Técnica Federal da Paraíba (ETFPB). Na área sindical, presidiu entre 1989 e 1992 o Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino Privado (SINTEENP). 

Em outubro de 1992, foi eleito vereador pelo PT à Câmara Municipal de João Pessoa, iniciando o mandato em janeiro de 1993. Nesse mesmo ano, foi indicado secretário-geral da Comissão Executiva Regional do partido na Paraíba, cargo que ocupou até 1995. Antes disso, em outubro de 1994, candidatou-se ao governo estadual pelo PT, mas não se elegeu.

Ao longo da legislatura 1993-1997, foi presidente da Comissão de Finanças e Orçamento e da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) de Bolsas de Estudo, membro titular da comissão que discutiu o Projeto de Emenda Constitucional (PEC) de Segurança Pública, suplente do PEC de Alteração do Capítulo do Sistema Tributário Nacional.  Disputou mais um mandato de vereador no pleito de outubro de 1996, mas, por uma diferença de apenas 14 sufrágios, não conseguiu reeleger-se. Deixou a Câmara Municipal de João Pessoa em 31 de dezembro de 1996. Nesse período, foi também membro do Diretório Nacional do PT e em seguida da Comissão Executiva Municipal do partido.

                Foi eleito, em outubro de 1998, o primeiro deputado federal do PT paraibano, alcançando 16.649 votos, tomando posse em fevereiro de 1999. Nesse ano, atuou como titular de diversos PECs, a saber: PEC nº 7/99 (Ações Trabalhistas); PEC nº 33/99 (Juízes Classistas); PEC nº PEC nº 56/99 (Fundo Nacional Desenvolvimento Semi-Árido); PEC nº 57/99 (Fundo Nacional Desenvolvimento Semi-Árido); PEC nº 76-A/99 (Recursos Ciência e Tecnologia); PEC nº 98/99 (Atribuições de Vice-Prefeito); PEC nº 637/99 (Prorrogação da CPMF). No ano seguinte, ainda como titular, atuou também no PEC nº 254/00 (Recursos Destinados à Irrigação).

                Ao longo do mandato de deputado federal, participou de sete Comissões Permanentes da Câmara: Agricultura e Política Rural (titular e suplente); Amazônia e Desenvolvimento Regional (suplente); Educação, Cultura e Desporto (suplente); Fiscalização Financeira e Controle (suplente); Legislação Participativa (titular); Minas e Energia (suplente); Trabalho, Administração e Serviço Público (titular). Participou também, na qualidade de titular, da Comissão Especial de Fixação do Salário Mínimo e do Grupo de Trabalho de Transposição do Rio São Francisco.

Em outubro de 2002, não se candidatou à reeleição à Câmara dos Deputados, voltando a disputar o governo da Paraíba pela coligação Um Novo Caminho, liderada pelo PT. Obteve a terceira colocação no pleito, no qual Cássio Cunha Lima, do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), sagrou-se vitorioso. Em outubro de 2004, foi o candidato do Partido dos Trabalhadores à prefeitura de João Pessoa, mais uma vez sem sucesso. Dois anos depois, disputou uma vaga para deputado estadual, também pelo PT, não sendo novamente bem sucedido.

                Em abril de 2008, desligou-se do PT e filiou-se ao Partido Socialismo e Liberdade (PSOL).

 

 

FONTES: Site da Câmara dos Deputados (www2.camara.gov.br); Jornal Paraíba Online (paraibaonline.com.br); Site Terra Notícias (Governo PB, eleições 2002).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados