Jairo Ataíde Vieira

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: ATAÍDE, Jairo
Nome Completo: Jairo Ataíde Vieira

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
ATAÍDE, Jairo

ATAÍDE, Jairo


*dep. fed. MG 2007-


 

Jairo Ataíde Vieira nasceu na cidade de Montes Claros (MG) no dia 18 de setembro de 1944, filho de Air Lelis Vieira e de Clarice Ataíde Vieira.

Formou-se em odontologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em 1966.

Filiou-se ao Partido da Frente Liberal (PFL) em 1986 e iniciou sua trajetória política em outubro de 1994, quando foi eleito deputado estadual em Minas Gerais na legenda pefelista. Empossado em fevereiro de 1995, foi líder do PFL na Assembleia Legislativa em 1995 e 1996. Nas eleições desse último ano, disputou a prefeitura de Montes Claros na legenda do PFL e foi eleito. Renunciou ao mandato legislativo e exerceu o de prefeito de janeiro de 1997 a dezembro de 2000.

Em outubro de 2006 concorreu a deputado federal por Minas Gerais na legenda do PFL, obtendo uma suplência. Participou, em 2007, da refundação do PFL, que passou a se chamar Democratas (DEM).

Assumiu o mandato de 2007 a 2008, em virtude do afastamento do titular Custódio Matos. Após a renúncia deste, em 2 de janeiro de 2009, foi efetivado. Na Câmara dos Deputados integrou como titular as comissões permanentes da Amazônia, Integração Nacional e Desenvolvimento Regional, e da Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural. Foi suplente das comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio, e da Constituição e Justiça e de Cidadania. Atuou também em várias frentes parlamentares.

Candidatou-se a reeleição em 2010, quando seus 73.194 votos recebidos lhe renderam uma suplência.

Porém, com a nomeação do deputado Alexandre Silveira para a secretaria estadual de gestão metropolitana em MG, Ataíde assumiu sua vaga na Câmara, em Fevereiro de 2011, por ser primeiro suplente na coligação. A convocação como suplente suscitou polêmica sobre o pertencimento do mandato a coligação ou ao partido, resultando em uma liminar do Supremo Tribunal Federal (STF), que limitou os efeitos das coligações ao período eleitoral. Com isso, retornaria à suplência, cedendo a vaga para o deputado Humberto Souto, mas alguns meses depois, o STF votou pela derrubada da liminar e, consequentemente, pela posse de Jairo Ataíde como deputado.

            Nesta legislatura, foi titular nas Comissões de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural e Finanças e Tributação., além de ter integrado, em 2012, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre trabalho escravo.

Em 2012, candidatou-se a prefeito de Montes Claros, porém, com 22,07% dos votos, foi derrotado ainda no primeiro turno.

Foi presidente da Cooperativa Agropecuária de Montes Claros Ltda. (Coopagro); fundador e presidente da Cooperativa de Crédito Rural do Norte de Minas (Credinor); fundador e vice-presidente da Cooperativa Central de Crédito Rural de Minas Gerais Ltda. (Crediminas). Atuou também como vice-presidente da Sociedade Rural de Montes Claros, da Associação Comercial e Industrial de Montes Claros e da Federação da Agricultura de Minas Gerais. Foi diretor da Associação de Criadores de Cavalos Campolina de Minas Gerais e membro da congregação da Faculdade de Administração e Finanças do Norte de Minas – Fundação Norte Mineira de Ensino Superior. Foi ainda conselheiro do Fórum Consultivo Empresarial da Federação Nacional dos Engenheiros (FNE) no Banco do Nordeste S/A em Fortaleza, conselheiro do Sebrae-MG e membro do International Writers and Artists Association (IWA) de Ohio, Estados Unidos.

Casou-se com Ana Maria Resende Vieira, com quem teve dois filhos. Sua esposa foi deputada estadual por Minas Gerais nas legislaturas 2003-2007 e 2007-2011.

 

 

FONTES: Portal da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Disponível em: <http://www.almg.gov.br>. Acesso em 18/10/2013; Portal da Bancada dos Democratas na Câmara. Disponível em: <http://deputados.democratas.org.br/noticias>. Acesso em 18/10/2013; Portal da Câmara dos Deputados. Disponível em: <http://camara.gov.br>. Acesso em 18/10/2013; Portal do Jornal Estado de Minas. Disponível em: <http://www.em.com.br>. Acesso em 18/10/2013; Portal do Supremo Tribunal Federal. Disponível em: <http://www.stf.jus.br>. Acesso em 18/10/2013.

  

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados