BATISTA, LUIS

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: BATISTA, Luís
Nome Completo: BATISTA, LUIS

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:

BATISTA, Luís

*dep. fed. ES 1979-1984.

 

Luís Batista nasceu em Ibiraçu (ES) no dia 28 de março de 1915, filho de Florêncio Batista e de Maria Messina Batista.

Bacharel em ciências jurídicas e sociais pela Faculdade de Direito da atual Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em 1942, retornou em seguida a seu estado.

Iniciou sua vida política filiando-se ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e obtendo uma suplência de deputado estadual no Espírito Santo para a legislatura 1947-1951, sem chegar a exercer o mandato. Candidatou-se novamente em novembro de 1954 na legenda do PTB, e dessa vez foi eleito, o mesmo ocorrendo em 1958 e 1962. Em 1964, esteve em Bonn a convite do governo da República Federal da Alemanha. Após a extinção dos partidos políticos por força do Ato Institucional nº 2 (27/10/1965) e a posterior implantação do bipartidarismo, filiou-se ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB), partido de oposição ao regime militar instalado no país em abril de 1964. Na nova legenda reelegeu-se deputado estadual nos pleitos de novembro de 1966 e de 1970. Nesse período, no ano de 1973, formou-se em medicina pela Escola de Medicina da Santa Casa de Misericórdia. Foi novamente eleito deputado estadual em novembro de 1974 na legenda emedebista, para o sexto mandato consecutivo.

Em novembro de 1978 foi eleito deputado federal pelo Espírito Santo, ainda na legenda emedebista. Empossado na Câmara dos Deputados em fevereiro de 1979, tão logo expirou seu mandato na Assembléia estadual, durante essa legislatura participou da Comissão de Educação e Cultura. Com a extinção do bipartidarismo em 29 de novembro de 1979 e a consequente reformulação partidária, filiou-se ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) e nessa legenda buscou a reeleição em novembro de 1982, alcançando uma suplência. No entanto, acabou tomando posse ainda em fevereiro de 1983, no início da legislatura, na vaga de Nyder Barbosa, que se licenciou do mandato parlamentar para assumir a Secretaria da Fazenda do governo Gérson Camata (1983-1987). Ainda em 1983 foi indicado membro da Comissão do Interior. Em janeiro de 1984, quando Nyder Barbosa deixou a Secretaria da Fazenda e reassumiu sua cadeira, deixou a Câmara dos Deputados.

Foi casado com Araci Gonçalves Batista, com que teve um filho.

FONTE: CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1979-1983).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados