BECKER, OTAIR

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: BECKER, Otair
Nome Completo: BECKER, OTAIR

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:

BECKER, Otair

*sen. SC 1975-1979.

 

Otair Becker nasceu em Itaiópolis (SC) no dia 30 de novembro de 1934, filho de Hugo Becker e de Marta Bauer Becker.

Industrial, iniciou sua carreira política como prefeito de São Bento do Sul (SC), eleito em outubro de 1965 na legenda do Partido Social Democrático (PSD). Empossado em janeiro de 1966, nesse mesmo ano filiou-se à Aliança Renovadora Nacional (Arena), partido de apoio ao regime militar instaurado no país em abril de 1964, organizado a partir da instalação do bipartidarismo determinada pelo AI-2 (27/10/1965).

No exercício do mandato de prefeito, assumiu em janeiro de 1967 a presidência da comissão coordenadora para implantação da Fundação Intermunicipal para o Desenvolvimento de Santa Catarina, que se transformaria, em maio de 1968, na Associação dos Municípios do Estado de Santa Catarina (Amunesc). Presidiu a Amunesc desde sua criação até maio de 1970, quatro meses após ter concluído seu mandato na prefeitura, sendo, então, designado presidente de honra da entidade, função que exerceu até 1973. De julho de 1969 a março de 1973, foi membro do conselho de administração da Companhia de Telecomunicações de Santa Catarina (Cotesc), e em novembro desse último ano foi eleito suplente do senador Antônio Carlos Konder Reis, na legenda da Arena. Em 18 de março de 1975, com a eleição indireta de Konder Reis para o governo catarinense, tomou posse no Senado, tornando-se membro efetivo da Comissão do Distrito Federal e da Comissão de Saúde, e suplente da Comissão de Agricultura. Cumpriu seu mandato até o final da legislatura, em 31 de janeiro de 1979.

Com a extinção do bipartidarismo em novembro de 1979 e a posterior reorganização partidária, inscreveu-se no Partido Democrático Social (PDS), agremiação de apoio ao governo que reuniu a maioria dos antigos arenistas. Em novembro de 1982 conquistou, nessa legenda, uma cadeira na Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Empossado em fevereiro de 1983, integrou a Comissão de Finanças e Contas do Estado (1983-1986), a Comissão de Obras Públicas e Comunicações (1983-1985) e a Comissão de Serviços Públicos, Trabalho, Municipalismo e Assistência Social (1986). Cumpriu seu mandato até o final da legislatura, em janeiro de 1987, e não voltou a disputar cargos eletivos.

Desde então, passou a dedicar-se a suas atividades empresariais como presidente da Oxford S.A. Indústria e Comércio, e diretor das empresas coligadas da Oxford, com atuação nas áreas de móveis, mineração e agroenergética. Ocupou-se paralelamente de atividades de representação de classe. Tornou-se membro do conselho diretor da Associação Brasileira de Cerâmica em 1983 e presidiu a entidade de junho de 1985 a maio de 1986.

Nas eleições de outubro de 2002, disputou uma vaga de deputado federal pelo estado de Santa Catarina na legenda do PMDB e obteve a terceira suplência. Presidiu a Companhia de Gás de Santa Catarina entre 2003 e 2007.

Foi também membro do conselho de política industrial da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC) e do conselho superior da Associação Comercial e Industrial de São Bento do Sul.

Casou-se com Dolores Buknemann Becker, com quem teve três filhos.

 

FONTES: INF. BIOG.; Perfil (1976); PIAZZA, W.F. Dicionário político catarinense; SENADO. Dados biográficos (8).

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados