BRASIL, CLOVIS BANDEIRA

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: BRASIL, Clóvis Bandeira
Nome Completo: BRASIL, CLOVIS BANDEIRA

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
BRASIL, CLÓVIS BANDEIRA

BRASIL, Clóvis Bandeira

*militar; comte. Comdo. Mil. Planalto 1968-1969.

 

Clóvis Bandeira Brasil nasceu em 24 de abril de 1905.

Sentou praça em novembro de 1922, ingressando depois na Escola Militar do Realengo, no Rio de Janeiro, então Distrito Federal. Tornou-se aspirante da arma de cavalaria em novembro de 1930, segundo-tenente em julho de 1931 e primeiro-tenente em julho do ano seguinte. Recebeu a patente de capitão em maio de 1935 e a de major em junho de 1946, passando a tenente-coronel em setembro de 1951 e a coronel em dezembro de 1957.

Foi promovido a general-de-brigada em julho de 1964, pouco depois do movimento político-militar que derrubou o presidente João Goulart e levou o general Humberto Castelo Branco ao poder. Nessa patente, foi chefe de gabinete do ministro da Guerra do novo governo, general Artur da Costa e Silva, que desempenhou importante papel durante a implantação do novo regime, e foi considerado nessa época como um expoente da chamada “linha dura”.

Promovido a general-de-divisão em 25 de março de 1967, dez dias depois da posse de Costa e Silva na presidência da República, Clóvis Bandeira Brasil comandou nesse ano a 5ª Região Militar (RM), sediada em Curitiba. Transferido em 1968 para 11ª RM, na capital federal, em junho desse ano assumiu a chefia do recém-criado Comando Militar de Brasília, onde permaneceu durante todo o desenvolvimento da crise política que levou, em 13 de dezembro seguinte, à edição do Ato Institucional nº 5 e ao subseqüente fechamento do Congresso Nacional. Em maio de 1969, após a troca do nome de sua unidade, ocorrida em fevereiro, para Comando Militar do Planalto, deixou o cargo.

Além de seguir os cursos de aperfeiçoamento de oficiais e de estado-maior, freqüentou a Escola de Educação Física do Exército e a Escola Superior de Guerra.

Faleceu no Rio de Janeiro no dia 6 de outubro de 1982.

Era casado com Iolanda França Brasil, com quem teve dois filhos.

 

 

FONTES: CASTELO BRANCO, C. Introdução; CORRESP. SECRET. GER. EXÉRC.; Jornal do Brasil (7/10/82); MIN. GUERRA. Almanaque (1967 e 1969).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados