COSTA, ARMANDO SAMPAIO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: COSTA, Armando Sampaio
Nome Completo: COSTA, ARMANDO SAMPAIO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
COSTA, ARMANDO SAMPAIO

COSTA, Armando Sampaio

*magistrado; const. 1934; dep. fed. AL 1935-1937.

 

Armando Sampaio Costa nasceu em Maceió no dia 18 de junho de 1883, filho de Francisco Salustiano da Costa e de Susana Sampaio Costa.

Fez os primeiros estudos no Ginásio Alagoano, concluindo o curso secundário no Liceu Alagoano em 1910. Em 1915 bacharelou-se pela Faculdade de Direito de Recife.

Em 1918 tornou-se tabelião público e escrivão de órfãos, ausentes e interditos na capital alagoana, cargos que ocuparia até 1924. Nesse período, entre 1921 e 1922, liderou em seu estado o movimento Reação Republicana, que promoveu a candidatura de Nilo Peçanha à presidência da República em oposição à de Artur Bernardes, afinal eleito em março de 1922. Participou mais tarde da campanha da Aliança Liberal (1929-1930), que patrocinou a candidatura de Getúlio Vargas à presidência da República em 1930.

No pleito de maio de 1933 elegeu-se deputado à Assembléia Nacional Constituinte por seu estado na legenda do Partido Nacional de Alagoas. Participou dos trabalhos constituintes e, após a promulgação da nova Carta (16/7/1934) e a eleição do presidente da República no dia seguinte, teve o mandato prorrogado até maio de 1935. Eleito deputado federal na mesma legenda em outubro de 1934, permaneceu na Câmara até novembro de 1937, quando o advento do Estado Novo suprimiu todos os órgãos legislativos do país.

Em 1947, no governo do presidente Eurico Dutra (1946-1951), foi designado ministro do Tribunal Federal de Recursos, sendo um dos nove primeiros titulares do órgão. Presidiu essa corte de 1952 a 1953 e foi seu vice-presidente em 1960, ano em que deixou o tribunal. Secretário do Interior e secretário-geral de Alagoas, aí também advogou e foi catedrático da Escola Livre de Direito. Advogou igualmente em Recife e, como jornalista, colaborou no Diário da Manhã e Jornal do Comércio, ambos de Alagoas.

Membro do conselho consultivo da Carteira de Redescontos do Banco do Brasil, integrou a comissão consultiva do Instituto do Açúcar e do Álcool (IAA) e da Ordem dos Advogados, no Distrito Federal, tendo sido consultor jurídico do Ministério da Guerra, inspetor geral do ensino federal e procurador da Prefeitura do Distrito Federal.

Faleceu no dia 12 de novembro de 1971.

 

 

FONTES: Boletim Min. Trab. (5/36); CÂM. DEP. Deputados; Câm. Dep. seus componentes; CONSULT. MAGALHÃES, B.; CORTÉS, C. Homens; COUTINHO, A. Brasil; Grande encic. Delta; GODINHO, V. Constituintes; MACEDO, R. Efemérides.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados