COSTA, RONALDO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: COSTA, Ronaldo
Nome Completo: COSTA, RONALDO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
COSTA, RONALDO

COSTA, Ronaldo

*diplomata; emb. Bras. Chile 1987-1990.

 

Ronaldo Costa nasceu em Florianópolis no dia 23 de abril de 1930, filho de Orlando Costa e Luzia C. de Carvalho Costa.

Bacharel em direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, formou-se em 1952 no curso de preparação à carreira diplomática, do Instituto Rio Branco. No ano seguinte, como cônsul de terceira classe, trabalhou como auxiliar do chefe do Departamento Econômico e Consular do Ministério das Relações Exteriores (MRE). Em 1954, fez estágio na União Pan-Americana e participou da X Conferência Interamericana, realizada em Caracas, na Venezuela. Já como terceiro-secretário, serviu de 1955 a 1958 na missão brasileira junto à Organização dos Estados Americanos (OEA), sediada em Washington. Ainda em 1958 passou a servir na embaixada brasileira em Washington. Promovido a segundo-secretário em maio de 1959, no ano seguinte obteve o título de master of arts in Government Economic Policy pela Universidade George Washington.

De volta ao Brasil em 1961, chefiou o Departamento Econômico do Instituto Brasileiro do Café (IBC) até 1962. Promovido a primeiro-secretário em março do ano seguinte,  participou de diversas reuniões internacionais envolvendo os países produtores e os principais países consumidores de cacau e café. De 1964 a 1968 serviu na embaixada brasileira em Londres. Conselheiro em janeiro deste último ano, foi secretário-geral-adjunto do MRE para assuntos econômicos de 1969 a 1972. Dois anos depois, tornou-se responsável pelo Departamento Econômico do ministério, vindo a chefiar a delegação brasileira na XX Assembléia da Aliança dos Produtores de Cacau, realizada em Salvador, Bahia. Ministro-conselheiro em Londres de 1973 a 1977, até 1976 foi encarregado de negócios na embaixada brasileira na capital inglesa.

Promovido a ministro de primeira classe em fevereiro de 1977, assumiu a embaixada do Brasil em Tóquio. Deixou o Japão em 1982, e nesse mesmo ano passou a chefiar a representação diplomática brasileira em Ottawa, no Canadá. De volta ao Brasil em 1985, tornou-se subsecretário-geral de Assuntos Políticos Bilaterais do MRE, cargo exercido até 1987. Em seguida, foi destacado embaixador do Brasil no Chile, sucedendo a Jorge Carlos Ribeiro. Durante este período, Ronaldo Costa veio a falecer, a 21 de outubro de 1990, em conseqüência do agravamento de uma afecção pulmonar que sofria há um ano. Foi substituído no posto por Guilherme Leite Ribeiro.

Era casado com Margarida Maria Correia Costa, com quem teve seis filhos, dos quais dois, João Pedro Correia da Costa e Ronaldo Costa Filho, seguiram a carreira diplomática.

 

FONTES: INF. FAM.; Jornal do Brasil (23/10/90); MIN. REL. EXT. Anuário (1983).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados