DIRCEU MENDES ARCOVERDE

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: ARCOVERDE, Dirceu
Nome Completo: DIRCEU MENDES ARCOVERDE

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
ARCOVERDE, DIRCEU

ARCOVERDE, Dirceu

*gov. PI 1975-1978; sen. PI 1979.

 

Dirceu Mendes Arcoverde nasceu em Amarante (PI) no dia 7 de setembro de 1925, filho de Miguel Arcoverde Vieira e de Augusta Mendes Arcoverde. Seu irmão Valdir Arcoverde foi ministro da Saúde de 1979 a 1985.

Estudou no Colégio Diocesano, em Teresina, diplomando-se em 1949 pela Escola de Medicina da Universidade do Brasil, no Rio de Janeiro, então Distrito Federal. Posteriormente fez curso de pós-graduação nos Estados Unidos.

Nomeado secretário de Saúde do Piauí durante o governo de Alberto Silva (1971-1975), colaborou com a interiorização da medicina em seu estado através da construção de hospitais em vários municípios. Em 1974 tornou-se professor da Faculdade de Medicina e da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Piauí, além de presidente da Fundação do Ensino Superior do Estado.

Em outubro desse ano foi eleito governador pela Assembléia Legislativa do Piauí, contando para isso com o apoio do presidente da Aliança Renovadora Nacional (Arena), o senador piauiense Petrônio Portela, e do então governador Alberto Silva. Empossado em março do ano seguinte, manifestou-se, em dezembro de 1976, favorável à coincidência de mandatos, segundo ele, a melhor saída para evitar os transtornos que as eleições de dois em dois anos causam à administração pública, desacelerando o ritmo da ação administrativa. Em agosto de 1978 deixou o governo do Piauí, desincompatibilizando-se para concorrer ao Senado. Foi substituído pelo vice-governador Djalma Martins Veloso e, no pleito de novembro desse ano, elegeu-se senador na legenda arenista, vencendo o ex-governador Alberto Silva, então dissidente da Arena. Integrante da ala arenista liderada pelo senador Petrônio Portela, assumiu o mandato em fevereiro de 1979 e durante sua primeira intervenção na tribuna dessa casa, quando pronunciava discurso relativo a problemas de saúde, no dia 9 de março, foi acometido de derrame cerebral, vindo a falecer em Brasília seis dias depois. Sua cadeira na Câmara Alta foi ocupada pelo suplente Alberto Silva.

Ao longo de sua vida foi ainda professor de anatomia do Instituto de Educação de Teresina e membro do conselho diretor da Universidade Federal do Piauí.

Era casado com Maria José Wall Ferraz Arcoverde, com quem teve três filhos. Sua esposa era irmã de Raimundo Wall Ferraz, que foi deputado federal pelo Piauí de 1983 a 1985 e prefeito de Teresina de 1986 a 1989 e de 1993 a 1995, quando faleceu.

 

 

FONTES: Jornal do Brasil (1 e 17/6/74, 8/11 e 21/12/76, 19/11/78, 10, 17 e 22/3/79); NÉRI, S. 16; Perfil (1975); SENADO. Dados biográficos (9).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados