DOCKHORN, GERMANO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: DOCKHORN, Germano
Nome Completo: DOCKHORN, GERMANO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
DOCKHORN, GERMANO

DOCKHORN, Germano

*dep. fed. RS 1951-1955.

 

Germano Dockhorn nasceu em Santa Cruz do Sul (RS) no dia 1º de março de 1896, filho de Nicolau Dockhorn e de Elisabetha Stam Dockhorn. Seu pai lutou na Guerra do Paraguai.

Com apenas o curso primário, ainda jovem começou a trabalhar como aprendiz de carpinteiro. Transferindo-se depois para Panambi (RS), chegou a supervisor de uma fábrica de móveis. Em 1917, tornou-se gerente da Cooperativa de Linha Brasil, distrito de Santa Cruz do Sul. Já casado, mudou-se com a família em 1922 para Três de Maio, então distrito de Santo Ângelo (RS) e depois de Santa Rosa (RS), onde manteve um grande estabelecimento comercial, negociando especialmente com fumo e banha de porco. Em 1925, foi à falência juntamente com outros comerciantes da localidade por causa de dificuldades na importação dos produtos. Endividado, somente quatro anos mais tarde conseguiu reerguer seus negócios.

Adepto das idéias de Júlio de Castilho, e portanto do Partido Republicano Rio-Grandense (PRR), trabalhou ativamente por essa agremiação em diversos pleitos eleitorais. Mais tarde também industrial e proprietário rural, foi conselheiro da Prefeitura de Santa Rosa e vice-prefeito do município entre 1947 e 1950, tendo assumido temporariamente a chefia do Executivo.

Em outubro de 1950, elegeu-se deputado federal pelo Rio Grande do Sul na legenda do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), cumprindo o mandato na Câmara de fevereiro de 1951 a janeiro de 1955. Ao longo da legislatura, foi vice-presidente da Comissão de Fiscalização Financeira e Tomada de Contas. Como deputado, conseguiu a liberação de verbas para a realização de diversas obras em Santa Rosa e nos municípios adjacentes, destacando-se entre elas a construção da Escola Normal Getúlio Vargas, em Três de Maio, para a qual doou oito hectares de suas propriedades.

Em 1959, elegeu-se prefeito de Três de Maio pelo PTB, ocupando o cargo até 1963.

Ao longo de sua vida empresarial, Germano Dockhorn fundou no Sul do país as seguintes empresas: Sociedade Dockhorn, Laticínios Dockhorn, Germano Dockhorn S.A., Industrial Dockhorn, Cereais Dockhorn, Cia. de Administração Germano Dockhorn e Rádio Colonial Ltda.

Faleceu em Três de Maio, no dia 11 de fevereiro de 1973.

Era casado com Paula Henn Dockhorn, com quem teve quatro filhos.

 

FONTES: Álbum; AUDRÁ, A. Bancada; CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Relação dos dep.; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1946-1967); CISNEIROS, A. Parlamentares; DOCKHORN, A. Genealogia.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados