DOMINGUES, ODULFO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: DOMINGUES, Odulfo
Nome Completo: DOMINGUES, ODULFO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
DOMINGUES, ODULFO

DOMINGUES, Odulfo

*dep. fed. BA 1967-1983.

 

Odulfo Vieira Domingues nasceu em Jacaraci (BA) no dia 20 de junho de 1917, filho de Antônio Domingues e de Carolina Vieira Domingues.

Comerciante e industrial, constituiu sua base política no município baiano de Caetité, onde se elegeu vereador em 1950, prefeito em 1954 e novamente vereador em 1958. No pleito de outubro de 1962, elegeu-se quarto suplente de deputado à Assembléia Legislativa da Bahia na legenda da Aliança Trabalhista, composta pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), o Partido Republicano (PR) e o Partido Libertador (PL). Chefe de gabinete da superintendência da Comissão do Vale do São Francisco, no Rio de Janeiro, de 1962 a 1963, assumiu o mandato na Assembléia baiana em 1963.

Entre 1964 e 1966, exerceu a função de diretor comercial da Companhia de Eletricidade da Bahia (Coelba). No pleito de novembro de 1966, elegeu-se deputado federal pela Bahia na legenda da Aliança Renovadora Nacional (Arena), agremiação de apoio ao regime militar vigente no país desde abril de 1964, à qual se filiara após a extinção dos partidos políticos pelo Ato Institucional nº 2 (27/10/1965) e a instauração do bipartidarismo. Terminou seu mandato estadual em janeiro de 1967, e no mês seguinte assumiu uma cadeira na Câmara dos Deputados. Nessa legislatura, integrou a Comissão de Minas e Energia, além de ter sido suplente das comissões de Transportes, de Comunicações e Obras Públicas, do Polígono das Secas e da Bacia do São Francisco.

Reeleito em novembro de 1970, a partir de 1971 continuou membro da Comissão de Minas e Energia e suplente da Comissão da Bacia do São Francisco da Câmara. Novamente reeleito em 1974, em 1975 tornou-se vice-presidente da Comissão de Minas e Energia, continuando suplente das comissões de Transportes, do Polígono das Secas e do Vale do São Francisco. Foi ainda primeiro-secretário da mesa da Câmara de 1975 a 1976. Mais uma vez reeleito em novembro de 1978, em 1979 passou a integrar a Comissão de Segurança Nacional da Câmara. Com a extinção bipartidarismo (novembro de 1979) e a reformulação partidária, filiou-se ao Partido Democrático Social (PDS), partido situacionista que sucedeu à Arena. Encerrou seu mandato em janeiro de 1983.

Faleceu no dia 28 de julho de 1997.

Era casado com Ida de Castro Lacerda Domingues.

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (6, 7, 8 e 9); ENTREV. Zilá Domingues; IPC. Relação de ex-parlamentares; NÉRI, S. 16; Perfil (1972 e 1980); TRIB. SUP. ELEIT. Dados (6, 8 e 9).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados