Fabio Trad

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: TRAD, Fabio
Nome Completo: Fabio Trad

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:

TRAD, Fabio

*dep.fed. MS 2011-2014

 

Fabio Trad nasceu em Campo Grande (MS), no dia 18 de agosto de 1969, filho de Nelson Trad e Therezinha Mandetta Trad.

Fez os primeiros estudos em sua cidade natal, no Colégio Dom Bosco. Em 1986, mudou-se para o Rio de Janeiro onde cursou o 3º ano do científico no Colégio Andrews. Ingressou em 1987 no curso de direito da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), pela qual se formou em 1991. Neste ano regressou a Campo Grande, onde passou a exercer a advocacia.

No começo de sua vida profissional Fábio Trad foi indicado como advogado dativo de vários acusados pobres, sendo, em 1994, nomeado membro titular do Conselho Penitenciário de Mato Grosso do Sul. Em 1996, começou a atuar como professor de direito penal em diversas universidades, tanto na graduação como na pós-graduação.

Em 2001, ano em que se afastou do conselho Penitenciário, foi eleito conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – Seccional Mato Grosso do Sul, função que exerceu até 2003. Neste cargo, Fábio Trad participou da criação, implementação e consolidação do Programa OAB vai à Escola. Foi também o idealizador do Simpósio de Direito Penal para Mato Grosso do Sul, que a cada biênio ímpar reúne no estado as principais expressões intelectuais de políticas do sistema penal nacional e internacional. Em 2006 foi eleito presidente da OAB – Seccional Mato Grosso do Sul para o triênio 2007 a 2009.

Em 2009 se filiou ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), candidatando-se no ano seguinte a uma vaga de deputado federal pelo estado de Mato Grosso do Sul nas eleições gerais de 2010. Primeira eleição sem a participação direta do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva desde 1989, este pleito foi vencido por sua ex-ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, à frente de uma coligação que reuniu 10 partidos (Partido dos Trabalhadores-PT/Partido do Movimento Democrático Brasileiro-PMDB/Partido Democrático Trabalhista-PDT/Partido Socialista Brasileiro-PSB/Partido Comunista do Brasil-PCdoB/Partido Republicano Brasileiro-PRB/Partido da República-PR/Partido Trabalhista Nacional-PTN/Partido Social Cristão-PSC/Partido Trabalhista Cristão-PTC). Após o pleito, a bancada do PMDB na Câmara dos Deputados configurou-se como a segunda maior, logo atrás da do PT, com 79 deputados eleitos. Fábio Trad foi eleito com 82.121 votos.

Em 2014, voltou a se candidatar como deputado federal, novamente na legenda do PMDB, mas não logrou ser eleito. Desfiliou-se do PMDB em 2015, ano em que também deixou a vida pública, retomando suas atividades como advogado e professor.

Casou-se com Roberta Varela Trad com quem teve três filhos.

Coordenou, em 2015, o livro O advogado, o promotor de justiça e o juiz no tribunal do júri.  Tem também a autoria de diversos artigos, disponibilizados em seu site.

 

Elizabeth Dezouzart Cardoso

 

FONTES: Entrevista por email com o biografado, realizada em ago./2015; Portal pessoal de Fabio Trad. Disponível em: <www.fabiotrad.com.br.>. Acesso em 03/08/2015.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados