FRANCISCO PEREIRA DE CALDAS RODRIGUES

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: RODRIGUES, Caldas
Nome Completo: FRANCISCO PEREIRA DE CALDAS RODRIGUES

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
RODRIGUES, CALDAS

RODRIGUES, Caldas

*dep. fed. PI 1991-1992.

 

Francisco Pereira de Caldas Rodrigues nasceu em Parnaíba (PI) no dia 2 de janeiro de 1951, filho de José Alexandre Caldas Rodrigues e de Helda Alves Pereira Rodrigues. Seu tio Francisco das Chagas Caldas Rodrigues foi deputado federal pelo Piauí de 1951 a 1959 e de 1963 a 1969, quando foi cassado; governador do estado de 1959 a 1962; constituinte de 1987 a 1988, e senador pelo Piauí de 1987 a 1995.

Transferindo-se para o Rio de Janeiro em 1969, nesse mesmo ano ingressou no curso de engenharia civil da Pontifícia Universidade Católica (PUC-Rio), concluindo-o em 1973.

Filiando-se ao Partido da Frente Liberal (PFL), nas eleições de novembro de 1988 elegeu-se vice-prefeito de Parnaíba (PI), na chapa encabeçada pelo prefeito Francisco de Assis Morais Sousa, conhecido como “Mão Santa”, do Partido Democrático Social (PDS), com o qual o seu partido estava coligado, sendo empossado no cargo em 1º de janeiro do ano seguinte.

No pleito de outubro de 1990, concorreu a uma vaga na Câmara dos Deputados na legenda do PFL, conseguindo ficar como segundo suplente. Com a nomeação do deputado Mussa Demes para ocupar uma secretaria de estado no governo de Antônio de Freitas Neto (1991-1994), Caldas Rodrigues assumiu o mandato de deputado federal em 1º de abril de 1991. Passou a integrar, como titular, a Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público e, como suplente, a Comissão de Viação e Transportes, Desenvolvimento Urbano e Interior. Permaneceu na Câmara dos Deputados até 20 de janeiro de 1992, quando retornou o titular. Com a nomeação de Felipe Mendes, então primeiro suplente em exercício, para uma secretaria de estado no mês seguinte, Caldas Rodrigues reassumiu o mandato em 27 de fevereiro, exercendo-o até 1º de julho desse mesmo ano, quando retornou o primeiro suplente.

Transferindo-se para o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), voltou a concorrer a uma cadeira de deputado federal no pleito de outubro de 1994, com seu partido coligado ao Partido Progressista Reformador (PPR), ao Partido Liberal (PL), ao Partido Progressista (PP) e ao PFL, conseguindo, mais uma vez, a segunda suplência. Não chegou, contudo, a assumir uma cadeira na Câmara dos Deputados ao longo da legislatura 1995-1999. Não concorreu no pleito de outubro de 1998.

Em agosto de 2004 foi superintendente de Desenvolvimento Econômico, ligado à Secretaria do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico, Tecnológico e Turismo. 

Casou-se com Paula Ramos de Rodrigues, com quem teve dois filhos.

 

FONTE: CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1991-1995 e 1995-1999); http://www.diariooficial.pi.gov.br/diario/200408/218677fb9288a9e.pdf acesso em 4/9/09;

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados