GEBARA, ROBERTO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: GEBARA, Roberto
Nome Completo: GEBARA, ROBERTO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
GEBARA, Roberto

GEBARA, Roberto 

* dep. fed. SP 1971-1975.

 

Roberto Gebara  nasceu em São Paulo no dia 16 de março de 1934, filho  de Antônio Gebara e de Adélia Nazar Gebara.

Realizou seus estudos primário no Externato “Macedo Vieira” e o colegial no Colégio de São Bento, ambos na capital paulista. Bacharelou-se pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo em 1957 e nesse mesmo ano foi nomeado oficial-de-gabinete da Secretaria de Saúde do estado. Deixando essas funções em 1962, no pleito de outubro desse ano elegeu-se deputado estadual na legenda do Partido Social Trabalhista (PST), com o apoio da Aliança Eleitoral pela Famí­lia (Alef), associação civil de âmbito nacional que visava mobilizar o eleitorado católico para apoiar os candidatos comprometidos com os princípios sociais da Igreja, entre eles a defesa da propriedade privada e da família, o comba­te ao divórcio e a crítica aos extremismos de esquerda e de direita. Tornou-se primeiro-secretário da Assem­bléia Legislativa paulista e em 1963 foi secretário do Trabalho, Indústria e Comércio do estado, permanecendo no cargo até o ano seguinte. Neste período, foi o idealizador do Serviço de Assistência Jurídica ao Trabalhador (STIC), da Primeira Olimpíada Trabalhista, criador do Conselho de Assistência Sindical e regulamentou e instalou a Caixa Estadual de Casas para o Povo. Ainda em 1964 assumiu a presidência da Cooperativa Popular Habitacional Intersindical de São Paulo (Coopesp), cargo que exerceria até 1969.

Com a extinção dos partidos políticos pelo Ato Institucional nº. 2 (27/10/1965) e a posterior instauração do bipartida­rismo, filiou-se à Aliança Renovadora Nacio­nal (Arena), partido de apoio ao regime militar instaurado no país em abril de 1964, sendo reeleito nessa legenda em novembro de 1966. No pleito de novembro de 1970 elegeu-se deputado federal por São Pau­lo na legenda da Arena, exercendo o mandato de fevereiro do ano seguinte a janeiro de 1975. Durante essa legislatura foi membro efetivo da Comissão de Legislação Social, da Comissão de Minas e Energia e su­plente da Comissão de Finanças da Câmara. Deixando a Câmara em janeiro de 1975, ao final da legislatura, assumiu o cargo de diretor dos Serviços Especiais de Telecomunicações do Estado de São Paulo S/A, permanecendo no cargo até 1978. No ano seguinte tornou-se diretor da Fundação de Desenvolvimento Administrativo, função que exerceu até 1982.

Em 1986 assumiu o cargo de assessor administrativo e de recursos humanos da Secretaria Municipal de Planejamento de São Paulo, no governo de Jânio Quadros (1985-1989). Neste período foi também membro efetivo do conselho fiscal da Companhia de Habitação de São Paulo (Cohab), da Comissão Executiva Municipal de Modernização das Telecomunicações e da Comissão da Empresa Municipal de Urbanização (Emurb). Ingressando em 1987 no Tribunal de Contas do Estado (TCE) de São Paulo, dois anos depois tornou-se assessor da diretoria do Instituto de Previdência do estado, onde permaneceu até 1993.

Em março deste último ano aposentou-se pelo TCE e, posteriormente, passou a residir no município de Águas de São Pedro (SP).

Em abril de 1997 sofreu um grave acidente automobilístico, interrompendo todas as suas atividades até o ano seguinte, quando começou a atuar no ramo de construção.

Casou-se com Adelaide de Sousa Martins Gebara, com quem teve uma filha.

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados; CÂM. DEP. Deputados brasileiros.  Repertório (1971-1975); Estado de S. Paulo (23/9/1962); INF. BIOG.;  Perfil (1972).

 

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados