HEITOR CAVALCANTI ALENCAR FURTADO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: FURTADO, Heitor Alencar
Nome Completo: HEITOR CAVALCANTI ALENCAR FURTADO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
FURTADO, HEITOR ALENCAR

FURTADO, Heitor Alencar

*dep. fed. PR 1979-1982.

 

Heitor Cavalcanti Alencar Furtado nasceu em Paranavaí (PR) no dia 1º de maio de 1956, filho de José Alencar Furtado e de Miriam Cavalcanti Alencar. Seu pai foi líder na Câmara dos Deputados do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), partido de oposição ao regime militar instalado no país em abril de 1964, tendo sido cassado em 1977.

Advogado, bacharelou-se em ciências jurídicas e sociais pela Associação de Ensino Unificado do Distrito Federal em 1977.

Herdeiro político do pai, em novembro de 1978, com apenas 22 anos, foi eleito deputado federal pelo Paraná na legenda do MDB. Empossado em fevereiro de 1979, tornou-se líder de seu partido na Câmara dos Deputados. Com o fim do bipartidarismo (29/11/1979) e a conseqüente reorganização partidária, ingressou no Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), agremiação que sucedeu ao MDB. Atuou nos trabalhos legislativos como vice-presidente e presidente da Comissão de Serviço Público.

Em 22 outubro de 1982, quando disputava uma vaga na Assembleia Legislativa do Paraná, Heitor Alencar Furtado foi assassinado por um policial entre as cidades de Jandaia do Sul e Mandaguari, no norte do Paraná. Seu assassinato representou um golpe na candidatura a governador de Saul Raiz, do Partido Democrático Social (PDS), em função do clima de violência que se estabeleceu durante a campanha eleitoral.

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1979-1983); Veja (27/10/82).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados