HEITOR FRANCO DE OLIVEIRA

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: FRANCO, Heitor
Nome Completo: HEITOR FRANCO DE OLIVEIRA

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
FRANCO, HEITOR

FRANCO, Heitor

*dep. fed. SP 1991-1995.

Heitor Franco de Oliveira nasceu em Aguaí (SP) no dia 9 de outubro de 1930, filho de José Franco de Oliveira e de Amélia S. de Oliveira.

Estudante da Faculdade de Medicina de Niterói (RJ), depois incorporada à Universidade Federal Fluminense (UFF), diplomou-se em 1955, sendo nomeado, no ano seguinte, médico da Secretaria de Saúde de São Paulo. Tornou-se membro júnior do Colégio Internacional de Cirurgiões, em Genebra (Suíça), em 1959. Na mesma época, assumiu a diretoria clínica do Hospital de Santa Gertrudes, em Cosmópolis (SP), cargo no qual se manteve ao longo de cinco anos. No setor de oncologia geral do Hospital Antônio Cândido Camargo, em São Paulo, permaneceu até 1967.

Admitido como fellow do Colégio Internacional de Cirurgiões, sediado em Chicago (EUA), em 1973, diplomou-se pela Escola Superior de Guerra (ESG), em 1981, com menção honrosa pelo trabalho “A problemática psicossocial nas opções pela agricultura”. Entre 1986 e 1989, foi diretor da Associação Atlética Internacional de Limeira. Ocupou a Secretaria de Saúde de Limeira entre 1989 e 1990, e foi presidente das comissões municipal e regional de saúde.

Em outubro de 1990 disputou uma vaga na Câmara dos Deputados, na legenda do Partido Democrático Social (PDS). Eleito, tomou posse em fevereiro do ano seguinte, participando dos trabalhos legislativos como membro titular das comissões de Seguridade Social e Família e de Defesa Nacional.

Na sessão da Câmara dos Deputados de 29 de setembro de 1992, votou a favor da abertura do processo de impeachment do presidente Fernando Collor de Melo, acusado de crime de responsabilidade por ligações com um esquema de corrupção liderado pelo ex-tesoureiro de sua campanha, Paulo César Farias. Afastado da presidência logo após a votação na Câmara, Collor renunciou ao mandato em 29 de dezembro de 1992, pouco antes da conclusão do processo pelo Senado, razão pela qual foi efetivado na presidência da República o vice Itamar Franco, que já vinha exercendo o cargo interinamente, desde o dia 2 de outubro.

Sem pleitear novo mandato, Heitor Franco deixou a Câmara em fevereiro de 1995, ao término da legislatura.

Faleceu em Limeira no dia 17 de fevereiro de 2009.

Casado com Mara Sílvia del Monde Franco de Oliveira, teve sete filhos.

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1991-1995); Globo (30/9/92); Perfil parlamentar; Portal da Associação Paulista de Medicina – secção regional de Limeira; Portal da Prefeitura Municipal de Limeira.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados